CONTADOR GOOGLE: 16 MILHÕES DE ACESSOS!

CURTA O ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK

ASSISTANCE: PROTEÇÃO VEICULAR COM CARRO RESERVA E REBOQUE LIVRE -  (73) 98158-5607 

DISK GÁS: 77-98119-1906 (FONE/ZAP)

SUPERMERCADO ADONAI - AV. AMÉRICO NOGUEIRA, CLODOALDO

KITANDA E MERCEARIA MOTA - Direção MIRALDO MOTA

SUPERMODA - NA ALAMEDA RUI BARBOSA

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

PAX PERFEIÇÃO - QUEM É VIVO SE ASSOCIA!

PAX PERFEIÇÃO - QUEM É VIVO SE ASSOCIA!

sábado, 2 de novembro de 2019

NAVIO DA GRÉCIA (E NÃO DA VENEZUELA) FOI O RESPONSÁVEL PELO VAZAMENTO DE ÓLEO NO NORDESTE DIZ POLICIA FEDERAL

 O juiz federal Francisco Eduardo Guimarães, da 14° Vara da Justiça Federal em Natal, expediu um mandato de busca e apreensão contra a empresa Lachmann Agência Marítima (Delta Tankers) responsável pelo navio Bouboulina, que é acusado pelo vazamento de óleo na costa litorânea do Nordeste. 
A embarcação já havia sido usada pela Petrobrás e já ficou retida por quatro dias nos Estados Unidos. A policia cumpre mandados de busca em escritórios da empresa no estado do Rio .

13 comentários:

  1. O navio não é da Venezuela, é da Grécia, ok, mas O PETRÓLEO é venezuelano. Sempre foi dito que a origem era venezuelana, não foi dito que a Venezuela que o derramou na costa brasileira.

    ResponderExcluir
  2. Que baboseira!
    Sempre foi afirmado que o óleo derramado no mar nordestino é venezuelano, e não o navio.

    Nunca ninguém afirmou que o navio era venezuelano. Mas o óleo sim.

    O navio poderia ser qualquer um, de qualquer país, que estivesse transportando o óleo VENEZUELANO.

    ResponderExcluir
  3. Ue mas os bolsominios estavam falando que o navio era da Venezuela fdp safados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Óleo foi confirmado como de origem Venezuelano, imaginaram que o navio também. Mas me parece que você gostou que o navio não é Venezuelano? Defende o Maduro?

      Excluir
  4. Oceano sujo de óleo, mas Bolsonaro não disse que era da Venezuela? Ditador safado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Óleo é. O Navio que transportava não!

      Excluir
  5. Navio da Grécia SIM, óleo da Venezuela SIM
    navio grego carregava óleo da Venezuela, vamos ser mais imparcial, deixar as preferencia politicas de lado e passar a informação correta as leitores, talvez esse meu cometário não seja postado, mas com certeza o recado vai chegar ao editor. Obrigado

    ResponderExcluir
  6. Acredito que em nenhum momento os veículos de comunicação sério citou que o navio seria venezuelano, e sim, que o óleo era de origem venezuelano.
    Como todos conhecem e já sabem, todos os óleos tem um DNA, uma característica única que, de forma oculta, guarda informações de onde foram produzidos.
    Portanto, em nenhum momento foi dito que o navio era venezuelano.

    ResponderExcluir
  7. Mas ninguém disse que o navio, a princípio, era da Venezuela. O produto sim, é da Venezuela e este navio grego foi carregado na Venezuela.

    ResponderExcluir
  8. A novidade revelada agora é que o navio pertence a uma empresa grega que atuou ligada ao Governo do PT praticou maracutaias e que está encrencada com a JUSTIÇA brasileira.

    Some tudo agora: Óleo venezuelano + navio de Empresa que praticava MARACUTAIAS + PT + raiva da justiça brasileira + Raiva contra o Brasil = Somando tudo é igual a Ataque CRIMINOSO para atingir Governo Honesto de BOLSONARO.

    ResponderExcluir
  9. Só falta dizer que foi o PT que mandou jogar o oleo no oceano

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não falta mais. O navio grego pertence a uma empresa que atua também no Brasil e fez várias maracutaias em parcerias com o PT durante os governos Lula e Dilma. A empresa está respondendo por crimes na justiça brasileira. O PT insuflou essa empresa a pegar óleo com o parceiro MADURO na Venezuela e jogar criminosamente no mar.

      Excluir

  10. Carla Zambelli
    @CarlaZambelli17
    ·
    7 h
    - Instituto Anjos da Liberdade, suspeito de atuar como laranja jurídico do PCC e do CV, pede impeachment de Jair Bolsonaro.

    - Jonas Suassuna, laranja do sítio de Atibaia, intermediou contato da estatal petrolífera venezuelana com armadores gregos.

    Tudo coincidência, claro.

    ResponderExcluir

MATÉRIAS ASSINADAS , com FONTE, são de responsabilidade de seus autores.

contatos blog: whats: (77) 98128-5324

ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK