CONTADOR GOOGLE: 16 MILHÕES DE ACESSOS!

CURTA O ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK

FRIGORÍFICOS SUDOESTE

PATROCINE O BLOG MAIS ACESSADO DE ITAPETINGA

PATROCINE O BLOG MAIS ACESSADO DE ITAPETINGA

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

KITANDA E MERCEARIA MOTA - Direção MIRALDO MOTA

LOJAS REZENDE - OS MELHORES PREÇOS DE ITAPETINGA

TATHIAGO DIGITAL - TUDO EM ELETRÔNICOS!

SUPERMODA - NA ALAMEDA RUI BARBOSA

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

COMISSÃO DE SEGURANÇA APROVA PORTE DE ARMA PARA PROPRIETÁRIOS E TRABALHADORES RURAIS

Atualmente, o Estatuto do Desarmamento prevê idade mínima de 25 anos para a compra de armas no País e exige, para o registro, que o interessado comprove a efetiva necessidade
A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado aprovou nesta quarta-feira (8) proposta que permite a concessão de licença para o porte de arma de fogo para proprietários e trabalhadores rurais maiores de 21 anos. O objetivo, segundo o texto, é proporcionar a defesa pessoal, familiar ou de terceiros, assim como a defesa patrimonial.
O texto aprovado pela Comissão de Segurança Pública, que recebeu parecer favorável do relator, deputado Alberto Fraga (DEM-DF), é o substitutivo da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural ao Projeto de Lei 6717/16, do deputado Afonso Hamm (PP-RS). Fraga, que considera “oportuno” disciplinar a matéria, também havia sido o relator na Comissão
de Agricultura, elaborando o substitutivo apoiado pelo colegiado.
O relator alterou o projeto original, que permitia a concessão de  porte rural de arma de fogo para maiores de 25 anos. Além disso, procurou deixar claro que a licença não será “uma análise subjetiva ao direito de legítima defesa por parte da autoridade competente pela emissão do porte”.
Concessão e validade
Conforme a proposta aprovada, a licença será concedida mediante requerimento, com a apresentação dos seguintes documentos: documento de identificação pessoal; comprovante de residência ou de trabalho em área rural; e nada consta criminal. O comprovante de residência poderá ser substituído pela declaração de duas testemunhas e o nada consta criminal, pela declaração da autoridade policial local.
Ainda segundo o texto, a licença para o porte rural de arma de fogo terá validade de dez anos e será restrita aos limites da propriedade rural, condicionada à demonstração simplificada, à autoridade responsável pela emissão, de habilidade no manejo.
A arma licenciada será cadastrada e registrada no Sistema Nacional de Armas (Sinarm), da Polícia Federal. O extravio, furto ou roubo deverá ser imediatamente comunicado à unidade policial mais próxima, que providenciará sua comunicação ao Sinarm.
Estatuto do Desarmamento
Atualmente, o Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/03) prevê idade mínima de 25 anos para a compra de armas no País e exige, para o registro, que o interessado comprove a efetiva necessidade da arma, o que permite que a licença venha a ser negada pelo órgão expedidor.
Proposta de novo estatuto – já aprovada em comissão especial da Câmara e aguardando análise do Plenário – assegura a todos os cidadãos que cumprirem os requisitos mínimos exigidos em lei o direito de possuir e portar armas de fogo para legítima defesa ou proteção do próprio patrimônio.
Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado agora pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

11 comentários:

  1. Porque so o residente rural?Como o estado nao da nem pode garantir se guranca temos o direito sim de nos defendermos de marginais..Quero meu fuzil,minha metralhadora,e meu morteiro...E direito meu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem preparo físico ,psicólogo e social Vai haver mais violência
      primeiro va se ter consciência que arma não é proteção

      Excluir
  2. Porque so o residente rural?Como o estado nao da nem pode garantir se guranca temos o direito sim de nos defendermos de marginais..Quero meu fuzil,minha metralhadora,e meu morteiro...E direito meu

    ResponderExcluir
  3. Pronto, agora os vagabundos e baderneiros do MST podem ir invadir propiedades, agora o fumo entra seus vagabundos, o povo que odeia carteira assinada

    ResponderExcluir
  4. misericordia, quem esta preparado a portar arma de fogo n'um pais cuja cultura nao se iniciou aos principiosda moralidade...

    ResponderExcluir
  5. Puxa! Agora F.... de vez. O pessoal do MST Movimento dos Trabalhadores Rurais também vai ter porte de arma? Afinal muitos deles são trabalhadores rurais.

    ResponderExcluir
  6. Eu quero mim proteja na minha casa quero q a justiça mim devolve minha arma pq aqui tá de mas tem uma Mulher q chama lidinha ta robano na casa em iguai .ibicui.nus município To de 👀

    ResponderExcluir

ITAPETINGA AGORA O BLOG MAIS ACESSADO DO MÉDIO SUDOESTE DA BAHIA

Redação e Edição: Tiago Bottino J. Brige
whatsApp: (77) 98128-5324

ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK