CONTADOR GOOGLE: 16 MILHÕES DE ACESSOS!

CURTA O ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK

PATROCINE O BLOG MAIS ACESSADO DE ITAPETINGA

PATROCINE O BLOG MAIS ACESSADO DE ITAPETINGA

FRIGORÍFICOS SUDOESTE

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

PAX PERFEIÇÃO

KITANDA E MERCEARIA MOTA - Direção MIRALDO MOTA

TATHIAGO DIGITAL - TUDO EM ELETRÔNICOS!

SUPERMODA - NA ALAMEDA RUI BARBOSA

quinta-feira, 22 de junho de 2017

PROCURADOR DA REPÚBLICA QUER PROIBIR DEFINITIVAMENTE A VAQUEJADA

O PROCURADOR RODRIGO JANOT AJUIZOU AÇÕES CONTRA LEIS QUE LIBERARAM O ESPORTE.
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, tenta derrubar no Supremo Tribunal Federal (STF) as leis que autorizam a realização de vaquejadas na Bahia, no Amapá e na Paraíba. As petições foram apresentadas no início deste mês. No final de maio, Janot já havia apresentado um pedido similar contra a prática em Roraima. Em outubro do ano passado, o Supremo já havia declarado inconstitucional a lei do Ceará que permitia a prática esportiva, que consiste em um boi solto em uma pista e dois vaqueiros, montados em cavalos, tentando derrubar o animal pelo rabo. O STF entendeu que os animais eram impostos a sofrimentos, o que fere princípios constitucionais de preservação do meio ambiente e da proteção da fauna. No dia 6 de junho, o Congresso aprovou uma emenda constitucional que permite a realizada de vaquejadas em todo o país, estabelecendo que "não são cruéis as práticas desportivas que utilizem animais, desde que sejam manifestações culturais". As
ações foram apresentadas antes da promulgação da emenda. Todas visam garantir o bem-estar animal e definem diretrizes de controle ambiental, higiênico e sanitário. Para Janot, a vaquejada, “inevitavelmente” submetem animais a tratamento violento e cruel, contrariando preceitos da Constituição que impõem ao Poder Público ações para preservar a fauna e assegurar o ambiente “ecologicamente equilibrado”. “Não é possível, a pretexto de realizar eventos culturais e esportivos, submeter espécies animais a práticas violentas e cruéis”, escreveu Janot nas ações. “Não obstante sua antiguidade e seu relevo em certas regiões do país, é incompatível com os preceitos constitucionais que obrigam a República a preservar a fauna, a assegurar ambiente equilibrado e, sobretudo, a evitar desnecessário tratamento cruel de animais”. O relator da ação contra a lei baiana é o ministro Luís Roberto Barroso, a de Roraima é relatada pela ministra Rosa Weber. Já as ações de Amapá e Paraíba é o relator Marco Aurélio Mello, o mesmo ministro que relatou o pedido para derrubar a lei do Ceará no ano passado. Na época, votaram contra a vaquejada 6 ministros e 5 a favor. O pedido liminar das ações do Amapá e da Paraíba já estão prontas para julgamento no plenário.

28 comentários:

  1. Respostas
    1. Pois é. Que coisa não

      Excluir
    2. Pois é. Que coisa não

      Excluir
  2. Isso é tão primitivo que já nem deveria ser mais assunto. Já deveria não mais existir! Tanta formas lindas de divertimento que existem e que se pode inventar e as pessoas têm que trazer os animais pra fazer de saco de pancada e palhaço. Já não basta que com a justificativa de que somos carnívoros, usamos esses animais como alimentos, ainda tem que maltratar os que ficam vivos? Não tem graça, é perigoso pra os seres humanos e para os bichos.

    ResponderExcluir
  3. Palhaçada...tanta coisa ruim tem no Brasil,que ta precisando melhorar,ficam querendo barrar um esporte tao bom desse

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fica lá no lugar do animal, ai quero ver vc chamar esta barbaridade de esporte.

      Excluir
    2. Esporte tão bom....vai puxar o rabo da sua mãe, Caralho

      Excluir
    3. Pois fica no lugar do boi desgraça

      Excluir
  4. Tomara Que barre logo isto viu..pra mim é judiação contra os animais..tomara que proíba mesmo..não deveria nem existir..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se tu tá preocupado com o boi que cai. Então vai la ficar no lugar dele seu corno vey.

      Excluir
    2. Se tu acha divertido tu que tinha que ficar no lugar do boi animal

      Excluir
  5. Esses posta tem q s preocupar em prender esses rebanho de ladrão polícia do nosso país, que gerou a crise, não com o nosso esporte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é em vc que puxa o rabo e derruba seu babaca

      Excluir
  6. Tem que acabar é com essa roubalheira escandalosa que não deixa o país andar, bando de sacripantas, #enjuriado

    ResponderExcluir
  7. Rebanho de vaqueiros babacas,babacas e babacas.Tanta coisa melhor prá se puxar pelo rabo.Ficam aí estes idiotas enchendo o rabo de cachaça e se achando o rei do gado.Seus medíocres,seus FDP esta prática tem que ser banida do nosso país.Esporte de cachaceiro e putas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rapaz se tu não gosta respeita, porque quando tem meia dúzia q odeia tem mil q ama, agora tu fica ae falando qua e esporte de cachaceiro como se eles bebe-se com seu dinheiro, olha o que você fala chamando as mulher que gosta desse esporte de puta, que sua mulher deve gosta e tu tá com ela sabendo que ela gosta e tu ta ciumando ela que ele deve ta dando pra algum varqueiro seu corno.

      Excluir
  8. Seus Filhos da P...coloque o rabo de vocês prá fazer o esporte.Já que se pode chamar uma imundice dessas de esporte.Odeio vaquejada.Festa horrível.Acaba logo com isso pelo amor de Deus...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O seu safado se tu não gosta de vaquejada respeita,

      Excluir
    2. Se vcs amarrar o pinto e mandar puxar talvez vire tradição tbm seus idiotas na ou fiquei na frente dos touros pq tbm é tradição

      Excluir
  9. Eles querem acabar com o esporte de quem trabalha porque não acaba com os deputados que so faz roubar a população que tanto trabalha esse pais virou chacota

    ResponderExcluir
  10. Isso é coisa de gente pagã e sem coração. .. Ja vai acabar tarde.quem não gostar q empreste seu rabo para o vaqueiro segurar

    ResponderExcluir
  11. Tem q acabar e com essas robalheira q tem em nosso país.Não com o nosso esporte q e a vaqueijada se vcs não gosta respeita.

    ResponderExcluir
  12. Viva a vaqueijada 👏👏👏

    ResponderExcluir
  13. eque a tradiçao contoneu como nosso espote eles tem que ver os ladrao da ir de pois pode tenta proibi nosso esporte mais nao vai consergui

    ResponderExcluir
  14. Prender Michel temer ele não quer. E porque quem mata pai de família não fica preso agora os bandidos estão todos aí na Rua para agir contra os pais de família infelizmente isso é Brasil.

    ResponderExcluir
  15. Vaquejada é um esporte sim que faz parte da Cultura nordestina. Meia dúzia de desinformados querem acabar com isso. Li nos comentários muitas ofensas será que alguém tentou pelo menos se informar sobre a vaquejada. Ela pode ter um lado ruim mas tbm tem seu lado bom. Os animais ali são todos bem tratados. Fora que muitas famílias dependem disso pra viver.vaquerama boa arretada gosta de botar boi no chão! eeeee boi meu esporte é vaquejada

    ResponderExcluir
  16. Não devemos discutir sobre prender bandidos no Brasil pois que domina as leis são os bandidos.

    ResponderExcluir

ITAPETINGA AGORA O BLOG MAIS ACESSADO DO MÉDIO SUDOESTE DA BAHIA

Redação e Edição: Tiago Bottino J. Brige
whatsApp: (77) 98128-5324

ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK