CONTADOR GOOGLE: 16 MILHÕES DE ACESSOS!

CURTA O ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK

PATROCINE O BLOG MAIS ACESSADO DE ITAPETINGA

PATROCINE O BLOG MAIS ACESSADO DE ITAPETINGA

FRIGORÍFICOS SUDOESTE

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

PAX PERFEIÇÃO

KITANDA E MERCEARIA MOTA - Direção MIRALDO MOTA

TATHIAGO DIGITAL - TUDO EM ELETRÔNICOS!

SUPERMODA - NA ALAMEDA RUI BARBOSA

quarta-feira, 31 de maio de 2017

COM MEDO DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA, 4 MIL PROFESSORES PEDEM APOSENTADORIA NA BAHIA

Mais de 4 mil professores da rede estadual de ensino da Bahia já entraram com pedido de aposentadoria, de janeiro de 2016 até maio de 2017, com medo de prejuízos com a reforma da previdência proposta pelo Governo Federal. No ano passado, 3 mil processos para aposentadoria foram abertos. Esse ano, já são 1.112. Os dados são da Secretaria Estadual de Educação. Atualmente, cerca de 7 mil professores do estado já atingiram a idade e o tempo de serviço para se aposentar. “Há um sentimento de que haverá muitas perdas. O professor ou a professora que já estava com o seu
planejamento de vida tudo organizado, com o tempo correto para aposentar, está correndo”, afirma Marilene Betros, presidente do Sindicato dos Professores. Para tentar evitar uma saída em massa de professores do quadro da rede estadual, o governo estadual criou uma gratificação especial. O valor da Bolsa Permanência é de R$ 800 para quem trabalha 20h semanais e de R$ 1.600 para quem trabalha 40h por semana. A gratificação tem duração de dois anos e pode ser prorrogada por igual período. O prazo para aceitação do benefício termina na quarta-feira (31).
Com informações do G1

Um comentário:

  1. A proposta da tal reforma da previdência é um dos fatores que sem dúvidas vem motivando o professor a solicitar a aposentadoria, mas não é o único. O governo estadual tem demonstrado total descaso com as questões da educação, dos professores e dos alunos logo não há motivo para continuar trabalhando em condições desumanas, vendo os alunos passarem por necessidades básicas sem o mínimo de assistência. A sensação de impotência, a insatisfação profissional, o desgaste emocional pela pressão e perseguição de alguns dirigentes, a idade e o serviço prestado sendo ignorados, tendo que trabalhar sem licença prêmio durante 20, 25 anos enfim, são vários os motivos para desejar sair. Afinal, quem se sentir atraído que exijam o cumprimento do concurso prometido para este ano e boa sorte!

    ResponderExcluir

ITAPETINGA AGORA O BLOG MAIS ACESSADO DO MÉDIO SUDOESTE DA BAHIA

Redação e Edição: Tiago Bottino J. Brige
whatsApp: (77) 98128-5324

ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK