CONTADOR GOOGLE: 16 MILHÕES DE ACESSOS!

LOJAS PREMIADAS NA REGIÃO

LOJAS PREMIADAS NA REGIÃO

CURTA O ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK

FRIGORÍFICOS SUDOESTE

FRIGORÍFICOS SUDOESTE

KITANDA E MERCEARIA MOTA - Direção MIRALDO MOTA

KITANDA E MERCEARIA MOTA - Direção MIRALDO MOTA

TATHIAGO DIGITAL - TUDO EM ELETRÔNICOS!

TATHIAGO DIGITAL - TUDO EM ELETRÔNICOS!

SUPERMODA - NA ALAMEDA RUI BARBOSA

SUPERMODA - NA ALAMEDA RUI BARBOSA

sábado, 4 de março de 2017

IGREJA CATÓLICA: FOSSA COM 800 CORPOS DE BEBÊS E CRIANÇAS É ENCONTRADA EM ORFANATO.

Uma fossa ou vala comum com os restos mortais de pelo menos 800 bebês e crianças foi descoberta em um antigo orfanato católico na Irlanda, disseram nesta sexta-feira (3) fontes da polícia irlandesa ao portal do The Guardian.
A descoberta confirma suspeitas levantadas há décadas de que a grande maioria das crianças que morreram no orfanato foram enterradas no local sem identificação, uma prática comum em tais instalações administradas pela Igreja católica em meio a altas taxas de mortalidade infantil na Irlanda do início do século XX.
Testes de DNA indicaram que as crianças enterradas nas 20 câmaras da fossa tinham idade entre 35 semanas e 3 anos. A investigação foi feita por uma comissão, instituída pelo governo local para
apurar a atuação de centros religiosos no auxílio a jovens grávidas, após uma denúncia da historiadora Catherine Corless, que descobrira a certidão de óbito de 800 crianças residentes na instituição, mas nunca os registros de enterro delas.
Localizado na cidade de Tuam, o orfanato "Bon Secours Mãe e Baby Home" funcionou entre os anos de 1925 e 1961 como um lar para crianças e mães solteiras jovens.
As autoridades britânicas revelaram que as mulheres e jovens eram submetidas a tratamentos violentos e passavam fome. Muitas delas trabalhavam gratuitamente em troca de auxílio das freiras na gravidez e no parto. Após os bebês nascerem, eles eram colocados em locais separados de suas mães e, quando não morriam, eram entregues para adoção.
Filho vendido 
Lançado em 2013, o filme "Philomena" narra um episódio ocorrido em 1952, quando uma mulher que engravidou na adolescência, foi mandada para o convento Roscrea e teve seu filho vendido por freiras católicas. Em 2014, a mulher que inspira um filme, a irlandesa Philomena Lee, reuniu-se com o papa Francisco, no Vaticano.
Projeto de ajuda 
Hoje, Philomena Lee está à frente do "Projecto Philomena", que tenta ajudar outras mães a encontrarem seus filhos e luta para que o governo irlandês promulgue uma lei que permita consultas a registros de crianças adotadas. 
Com informações  do The Guardian

10 comentários:

  1. Isso é apenas o que descobriram e o resto

    ResponderExcluir
  2. Acho qui isso e dezumano .de quem foi a culpa nao sabemo. mas sei qui Deus ira punir cada um deles no seu jugamento

    ResponderExcluir
  3. Acho qui isso e dezumano .de quem foi a culpa nao sabemo. mas sei qui Deus ira punir cada um deles no seu jugamento

    ResponderExcluir
  4. Acho qui isso e dezumano .de quem foi a culpa nao sabemo. mas sei qui Deus ira punir cada um deles no seu jugamento

    ResponderExcluir
  5. Essa igreja católica a história dela e triste

    ResponderExcluir
  6. Vindo dá igreja católica esses fatos não surpreendem.. imagine o que está escondido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Independente da religião, todo lugar tem escoria humana!!
      Pra que pior do que evangélicos fingindo serem pastores e arrancando até a alma dos desprovidos de entendimento...
      Dêem uma olhadinha na pequena Itambé, os "pastores" subindo igual foguete e os fiéis... Oh, coitados!!
      Por isso não tenho religião, acredito em Deus! Mas não viu em nenhuma igreja, não tô afim de enriquecer quem já ta rico e tem regalias!!
      Queria ver se fosse voluntário, alguém queria esguelar na frente de um púlpito!

      Excluir
  7. É tanta porcaria escondida... que aos poucos vão ser revelados... cruéis

    ResponderExcluir

ITAPETINGA AGORA O BLOG MAIS ACESSADO DO MÉDIO SUDOESTE DA BAHIA

Redação e Edição: Tiago Bottino J. Brige
whatsApp: (77) 98128-5324

ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK