CONTADOR GOOGLE: 16 MILHÕES DE ACESSOS!

CURTA O ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK

LOJAS PREMIADAS NA REGIÃO

LOJAS PREMIADAS NA REGIÃO

FRIGORÍFICOS SUDOESTE

FRIGORÍFICOS SUDOESTE

MORUMBI PNEUS - NO PARQUE DA LAGOA!

MORUMBI PNEUS - NO PARQUE DA LAGOA!

FEIRA DO LAR

FEIRA DO LAR

terça-feira, 15 de novembro de 2016

MP DETERMINA QUE REITORIA PROCEDA "DESOCUPAÇÃO" DA UESB EM 20 DIAS

O Ministério Público recomendou ao reitor da Uesb, Paulo Roberto Pinto, que proceda a desocupação das dependências da Universidade no prazo de 20 dias, contados desde a última quinta-feira (10). A recomendação foi assinada pela Promotora Guiomar Miranda, após reunião com membros dos movimentos Ocupa Uesb e Liberta Uesb. Em sua recomendação a Promotora considera que “a ocupação operada se mostra ilegal na medida em que impossibilita a continuidade da regular
prestação de serviço público educacional. Violando por si só o próprio direito educacional que ora se pretende defender nas manifestações”. A representante do Ministério Público também ressalta que as ocupações já comprometeram a realização do Enem, “ocasionando prejuízos imensuráveis na vida de estudantes”.
O documento destaca três pontos ao Reitor da Uesb:
O documento destaca que a reitoria Adote todas as medidas possíveis para a desocupação pacífica e mediada dos prédios públicos, preservando a integridade física dos ocupantes.
Em sendo frustrada a negociações, deve o Magnífico Reitor acionar as respectivas Procuradorias Jurídicas da Universidade para adoção das medidas jurídicas cabíveis, sob pena de responsabilização, para garantir aos professores e aos estudantes o acesso à instituição, as suas salas de aulas e às aulas regulares;
Encaminhe à Promotoria de Justiça de Defesa da Educação, no prazo de 10 dias, a contar do recebimento do presente documento, Relatório Circunstanciado de todas as medidas adotadas para o cumprimento da presente Recomendação.
Além disso, o Reitor Paulo Roberto Pinto Santos é recomendado a proceder, em até 20 dias, as medidas possíveis para desocupação. 
Membros do Liberta Uesb informaram à imprensa de Vitória da Conquista que, caso permaneça a ocupação, irão mover uma ação de reintegração de posse do campus. O grupo de estudantes membros do Ocupa Uesb estão desde o dia 21 de outubro instalados no prédio da Universidade. Durante todo esse período, as aulas estão suspensas no campus e o acesso de funcionários e professores é limitado.
com informações de Marlon Araújo/Sudoeste 24 horas

10 comentários:

  1. a maioria tem o direito de estudar.. se necessario usem a força fisica mas devolvam o que é da comunidade.. ponto final..

    ResponderExcluir
  2. Finalmente! Já estava na hora do Judiciário assumir esta situação e devolver aos cidadãos o direito básico que lhes vinha sendo negado desde outubro: DIREITO À EDUCAÇÃO. Parabéns ao Ministério Público. Chega de ocupação. E como já foi comentado nesta matéria, se necessário for, que seja usada a força física para isso, através da intervenção policial, pois isso tudo já foi longe demais.

    ResponderExcluir
  3. ESSAS OCUPAÇÕES JA VIRARAM BADERNA!ESTÃO TIRANDO O DIREITO DE QUEM QUER ESTUDAR.

    ResponderExcluir
  4. Primeiro tem que dar uma surra nesta cambada de professos da uesb que faz de conta que da aula, só que estuda la pra saber como esta corja é

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. me desculpe discordAR.. A UNIVERSIDADE É QUE É PÉSSIMA.. SEM ESTRUTURA, SEM PLANEJAMENTO, SEM, SEM.. OS PROFESSORES NAO TEM COMO FAZER MUITA COISA.. ACHO QUE TODAS A ESTADUAIS E A FEDERAL DEVERIAM SER DESMANTELADAS E CRIADA UMA QUE PRESTASSE COM DIVERSOS CAMPUS.. FORA ISSO É ESSA COISA AI..

      Excluir
  5. sou curto.. parem um batalhao de choque á frente da universidade.. perguntem quem nao vai permitir a entrada dos estudantes.. quem responder.. quebrem na tronfa e levem para a delegacia... cambada de vagabundos indecentes..se algum advogado entrar na conversa.. tronfa nele tambem..ai o país vai funcionar.. do contrário é isso ai..

    ResponderExcluir
  6. Alguns poucos professores tem total compromisso com a Universidade e com os alunos, outros, que são maioria, fingem dar aula, ocupam-se mais do que um ser humano normal pode suportar e acabam por não cumprir suas responsabilidades na vida acadêmica. Atualmente a realidade da Uesb - Itapetinga se resume da seguinte forma : quanto mais títulos o professor tem ,menos compromisso com os alunos.

    Quanto aos alunos que estão ocupando a Uesb, são baderneiros que ao menos sabem porque lutam, anarquistas, enaltecedores de corruptos e criminosos responsáveis pela recessão do Brasil. Fazem de nosso país um lugar sem pudor,. Basta!!!! socialismo, comunismo, anarquismo não passam de conjunturas ideológicas de pessoas que não têm o que fazer, respeitem o estado democrático de direito, respeitem o direito de ir e vir.

    Não passam de marionetes dos seguintes grupos : UNE, CUT, MST, MLT, dentre outros.

    ResponderExcluir
  7. Alguns poucos professores tem total compromisso com a Universidade e com os alunos, outros, que são maioria, fingem dar aula, ocupam-se mais do que um ser humano normal pode suportar e acabam por não cumprir suas responsabilidades na vida acadêmica. Atualmente a realidade da Uesb - Itapetinga se resume da seguinte forma : quanto mais títulos o professor tem ,menos compromisso com os alunos.

    Quanto aos alunos que estão ocupando a Uesb, são baderneiros que ao menos sabem porque lutam, anarquistas, enaltecedores de corruptos e criminosos responsáveis pela recessão do Brasil. Fazem de nosso país um lugar sem pudor,. Basta!!!! socialismo, comunismo, anarquismo não passam de conjunturas ideológicas de pessoas que não têm o que fazer, respeitem o estado democrático de direito, respeitem o direito de ir e vir.

    Não passam de marionetes dos seguintes grupos : UNE, CUT, MST, MLT, dentre outros.

    ResponderExcluir
  8. Comentários ridículos da maioria sobre esse assunto. O Brasil é um país do faz de conta: faz de conta q os políticos na maioria sejam honestos, faz de conta q valoriza a educação, faz de conta que não se tem preconceitos, faz de conta que o Estado cuida dos seus cidadãos, faz de conta que existe igualdade de direitos e enquanto o povão fizer de conta que não tá nem aí, que não pode cobrar q se cumpra a Constituição... faz de conta que esses que.de forma ridícula desvaloriza as lutas de classes, façamos de conta de acreditamos nessas "boas intenções".

    ResponderExcluir

ITAPETINGA AGORA MAIS DE 18 MILHÕES DE ACESSOS www.itapetingaagora.com

ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK