CONTADOR GOOGLE: 16 MILHÕES DE ACESSOS!

CURTA O ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK

PATROCINE O BLOG MAIS ACESSADO DE ITAPETINGA

PATROCINE O BLOG MAIS ACESSADO DE ITAPETINGA

FRIGORÍFICOS SUDOESTE

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

PAX PERFEIÇÃO

KITANDA E MERCEARIA MOTA - Direção MIRALDO MOTA

TATHIAGO DIGITAL - TUDO EM ELETRÔNICOS!

SUPERMODA - NA ALAMEDA RUI BARBOSA

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

MUDANÇAS CLIMÁTICAS PODEM TRAZER DE VOLTA UMA DAS DOENÇAS MAIS LETAIS DA HISTÓRIA

Única doença erradicada no mundo, a varíola pode voltar a atingir a humanidade. Esse é o temor de cientistas russos baseados nas mudanças climáticas. Há 130 anos, vítimas de uma epidemia foram enterradas na planície da Sibéria, que é coberta de gelo a maior parte do ano. No entanto, esse solo está em processo de derretimento. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a infecção pelo vírus era fatal em 30% dos casos e, quando não matava, deixava cicatrizes para toda a
vida. "Em 1890, houve uma epidemia de varíola muito grande na área. Uma cidade aqui perdeu mais de 40% da população. Naturalmente, eles enterraram os corpos na camada superior do gelo, o pergelissolo (mistura de terra, gelo e rochas permanentemente congelados juntos), às margens do rio Kolyma. Mas agora, um século depois, o calor e as águas estão derretendo as margens", afirmou Boris Kershengolts, da Academia de Ciências russa ao jornal Siberian Times.
Essa não é a primeira vez que o degelo de corpos leva a novas contaminações. A Rússia está combatendo um surto de antraz que surgiu quando corpos de cervos e humanos vítimas da bactéria foram descobertos pelo gelo. Pelo menos 24 pessoas estão internadas. Por conta disso, especialistas passaram a buscar outras doenças que podem estar "enterradas" no gelo e encontraram corpos com cicatrizes de varíola e fragmentos do DNA do vírus. "O solo lá tem mais gelo que rocha e terra, quando derrete sobe. Algumas covas de gado doente, por exemplo, têm apenas três metros de profundidade, com muito pouco solo em cima", disse o diretor Mikhail Grigoriev, do Centro de Estudos de Yakutia. Ainda assim, não foi encontrada nenhuma amostra intacta do vírus.

6 comentários:

  1. o jeito é fazer esterilizaçao com uma bomba de hidrogenio..nada fica inteiro e garante que nao sobre nada para o futuro.. o que estao esperando nao sei..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. açao e nao teoria muda o mundo..nao existem milagres.. só acredita neles quem quer..

      Excluir
  2. Vai e Ora isso sim é o melhor pra todos nos

    ResponderExcluir
  3. sangue de cristo tem poder!!!basta a chicugunha que ta atacando as pessoas sem dó.as escrituras estao se cumprindo gente .acorda pra vida toda crença. sou católica mais sei que jesus vai nos livrar das pestes.creia meus irmãos Jesus está voltando.

    ResponderExcluir
  4. O criatura Jesus já reina desde 1914 estude a Bíblia e entenda.

    ResponderExcluir
  5. É muitos consideram como uma doença, mas quando paramos para analisar várias são as doenças que apareceram, mosquitos com vários nomes, vários homicídios e suicídios, e outras mais ai vc vai na Bíblia e ver que precisamos nos chegar mais a Deus e confiar. Por que está doença mim lembra de Naamã quando era leproso e ele viu que nao era medico que curava e sim Jesus Cristo.

    ResponderExcluir

ITAPETINGA AGORA O BLOG MAIS ACESSADO DO MÉDIO SUDOESTE DA BAHIA

Redação e Edição: Tiago Bottino J. Brige
whatsApp: (77) 98128-5324

ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK