CONTADOR GOOGLE: 16 MILHÕES DE ACESSOS!

CURTA O ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK

FRIGORÍFICOS SUDOESTE

PATROCINE O BLOG MAIS ACESSADO DE ITAPETINGA

PATROCINE O BLOG MAIS ACESSADO DE ITAPETINGA

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

KITANDA E MERCEARIA MOTA - Direção MIRALDO MOTA

LOJAS REZENDE - OS MELHORES PREÇOS DE ITAPETINGA

TATHIAGO DIGITAL - TUDO EM ELETRÔNICOS!

SUPERMODA - NA ALAMEDA RUI BARBOSA

sábado, 23 de abril de 2016

ADVOGADO DE 26 ANOS MORRE APÓS COMPLETAR 21KM DE CORRIDA EM PORTO

Marco Accioly participou da meia maratona realizada em Porto seguro. Amigo e organizador da prova disse que ele vinha se preparando e fez exames.
Um advogado de 26 anos morreu após passar mal logo depois de completar 21km de corrida em uma prova de meia maratona em Porto Seguro, região sul da Bahia. O evento foi realizado na sexta-feira (22), e segundo amigos, o rapaz teve um mal-estar após a chegada. O sepultamento foi realizado no final da tarde deste sábado (23), em Arraial D'ajuda, distrito de Porto Seguro, onde a família mora.
Naldo Moura, organizador da prova e amigo de Marco, disse que o rapaz foi atendido no local por um cardiologista contratado pelo evento, e recebeu apoio de uma UTI ambulância que também estava no
local a serviço da corrida. De lá, ele foi levado para o Hospital Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro, mas não resistiu, morrendo no final da tarde de sexta-feira. O G1 não conseguiu contato com representante da unidade de saúde neste sábado.
Ainda de acordo com Naldo, Marco costumava praticar exercícios físicos diariamente e vinha se preparando para a prova com apoio profissional. O organizador da prova diz ainda que há cerca de três meses, ele passou por exames cardiológicos, que não apontaram anormalidades.
A amiga da família, Áurea Catarina, conta que o advogado era amante dos esportes e costumava correr sempre na rua, embora não fosse um atleta profissional. Ele e a família moravam em Arraial D'ajuda, onde a morte causou bastante comoção. Marco era solteiro e não tinha filhos. "Ele era um advogado que atuava pela causa das comunidades e pessoas que não tinham condições de arcar com custos de processos. Aqui todo mundo gostava dele", lamenta a amiga.
- G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ITAPETINGA AGORA O BLOG MAIS ACESSADO DO MÉDIO SUDOESTE DA BAHIA

Redação e Edição: Tiago Bottino J. Brige
whatsApp: (77) 98128-5324

ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK