CONTADOR GOOGLE: 16 MILHÕES DE ACESSOS!

CURTA O ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK

LOJAS PREMIADAS NA REGIÃO

LOJAS PREMIADAS NA REGIÃO

FRIGORÍFICOS SUDOESTE

FRIGORÍFICOS SUDOESTE

MORUMBI PNEUS - NO PARQUE DA LAGOA!

MORUMBI PNEUS - NO PARQUE DA LAGOA!

FEIRA DO LAR

FEIRA DO LAR

domingo, 28 de fevereiro de 2016

RECEITA APONTA FRAUDE EM FUSÃO ENTRE JBS E BERTIN E COBRA R$ 3 BILHÕES

A operação que uniu os dois maiores frigoríficos do País, o Bertin e o JBS, dono da marca Friboi, está sendo questionada pela Receita Federal. Para o Fisco, a estrutura societária do negócio, que ajudou a criar a maior empresa de proteína animal do mundo, em 2009, foi "fraudulenta"
O caso está destrinchado em um procedimento fiscal feito em uma das empresas do grupo Bertin, que foi autuado em R$ 3 bilhões, em impostos e multas. Apesar de a Receita se preocupar em cobrar tributos, ela aponta outras irregularidades. Houve a transferência, a "preço vil", de participações para
um investidor desconhecido. Os acionistas minoritários também foram prejudicados. As irregularidades, avalia a Receita, foram possíveis graças a uma estratégia particular.
Apesar de sempre se falar em fusão, o JBS comprou o Bertin, diz a Receita. A aquisição ocorreu com uma troca de ações, sendo que os Bertin entregaram as suas para a holding da JBS - mas de maneira indireta. No negócio, o Bertin foi representado por um fundo de investimento, o FIP Bertin. Ao ser criado, o patrimônio do fundo tinha ações do Bertin e era controlado pela família Bertin, que detinha 100% das cotas. 
O Fisco apurou que, cinco dias antes do negócio, um novo cotista entrou no fundo: a Blessed, empresa de Delaware, um paraíso fiscal nos Estados Unidos, cujos sócios estão em Porto Rico e nas Ilhas Cayman. A Blessed ficou com 67% das cotas, que valiam cerca de R$ 3 bilhões, por US$ 10 mil. Ou seja: na largada, os Bertin aceitaram ser minoritários em seu próprio fundo por uma "bagatela", diz o Fisco. Menos de um ano depois, houve nova cessão de cotas, por R$ 17 mil. 
A Blessed hoje tem 86% do fundo, e ainda faz parte do grupo JBS com o nome de Pinheiros.
Fonte: ESTADÃO

5 comentários:

  1. HUUUUMMMMMMM ! , SITUACOES DESSE TIPO TAMBEM EM OUTRAS EMPRESAS AQUI, E SIMPLES, IRREGULARIDADES , QUAL E A NOVIDADE " N I S S O " ----- " B R A S I L " ? , SONEGACAO ? , QUAL A E A NOVIDADE NISSO , NOVIDADE SERIA SE TUDO, TUDO, ESTIVER CERTINHO, CERTINHO, ---- DUVIDAMOS , QUEM VAI SER PUNIDO? , NINGUEM . . .

    ResponderExcluir
  2. Se tem o povo de lula envolvido da nisso ai mesmo!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Ricardo e insinuante fica como receita?

    ResponderExcluir
  4. BOM, SE ESTIVER DEVENDO AO GOVERNO VAI TER QUE PAGAR OU BAIXAR AS PORTAS. A UNICA COISA QUE O GOVERNO VAI FAZER É COBRAR IMPOSTOS OU FECHAR.
    BRASIL TA QUEBRADO, O POVO TA INDO JUNTO, E NÃO TEM ESCAPATORIA, TA TODO MUNDO DENTRO DE UM FUNIL.
    PRETO, BRANCO, RICO, POBRE, GORDO E MAGRO, TA TODO MUNDO f u d i d o. CONSEGUIRAM QUEBRAR O PAIS. DISCARADOS AINDA SOMOS NÓS QUE VAMOS AS URNAS ELEGER MAIS BANDIDOS.,

    ResponderExcluir
  5. Irão entrar com recurso para ir ao CARF e chegado lá e distribuídas as devidas propinas esse valor cai pra 300 mil, eles pagam e fica tudo certo. E viva o Brasil, vulgo bananalândia.

    ResponderExcluir

ITAPETINGA AGORA MAIS DE 18 MILHÕES DE ACESSOS www.itapetingaagora.com

ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK