CONTADOR GOOGLE: 16 MILHÕES DE ACESSOS!

CURTA O ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK

LOJAS PREMIADAS NA REGIÃO

LOJAS PREMIADAS NA REGIÃO

FRIGORÍFICOS SUDOESTE

FRIGORÍFICOS SUDOESTE

MORUMBI PNEUS - NO PARQUE DA LAGOA!

MORUMBI PNEUS - NO PARQUE DA LAGOA!

FEIRA DO LAR

FEIRA DO LAR

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

TRAGÉDIA! FILHO DE DELEGADO MORRE, APÓS SER ESQUECIDO DENTRO DO CARRO PELO PAI.

O filho de 2 anos do delegado Geraldo Gezoni Filho, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), morreu na tarde de terça-feira (26) depois de ter sido esquecido pelo pai dentro do carro, em Cuiabá, informou o delegado geral da Polícia Civil, Adriano Peralta. O menino, filho único, deveria ter sido levado para uma escolinha no início da tarde, mas Gezoni acabou indo direto para o trabalho.
O pai só percebeu o que havia acontecido no final da tarde. O menino, que se chamava Frederico,
chegou a ser socorrido numa unidade de Pronto Atendimento particular da capital, mas não resistiu. "Foi uma falha humana. Ele [Gezoni] estava trabalhando, teve uma operação grande ontem, com diligências externas", disse Peralta.
Segundo Instituto Médico Legal (IML), a causa da morte foi asfixia por confinamento. Conforme Peralta será instaurado um procedimento para apurar o que aconteceu. Mas disse que, nesse caso, pode ser instituído o perdão judicial ao pai. "Nenhum juiz do mundo pode dar uma pena maior do que esse sofrimento da família. Não existe pena maior do que essa", declarou.
No hospital, o delegado disse à polícia que por volta de 14h [horário de Mato Grosso] estava levando Frederico para a escola e que o filho dormia na cadeirinha no banco traseiro do veículo. No trajeto, Gezoni foi chamado pelos colegas para um procedimento de transferência de uma pessoa detida para um presídio. O delegado, que era o responsável pela DHPP naquele dia, foi para a delegacia atender ao chamado. Ele diz que estacionou o carro no pátio e acabou esquecendo o filho. Ao final do dia o delegado foi para casa e ao encontrar a mulher percebeu que a criança estava desmaiada no carro.
O casal ainda tentou reanimar o menino e o levou para o pronto atendimento, onde a morte do menino foi declarada.
O corpo da criança está sendo velado na Capela Jardins, em Cuiabá. A previsão é que o enterro seja feito às 16h desta quarta-feira (27) no Cemitério Bom Jesus de Cuiabá.
 (G1)

11 comentários:

  1. Claro que isso é triste. E com a perda do filho o delegado infelizmente, já pagou pelo erro. Mas se ele não cuidou da vida do proprio filho como vai cuidar da segurança da população.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vc so pode ser babaca por fazer um comentario desse viu

      Excluir
  2. todos estamos sujeito a isso,pois a vida corrida que levamos,podemos esquecer.
    Deus console esta família...

    ResponderExcluir
  3. se foce eu que ti verse esquecido eu ja tava prezo

    ResponderExcluir
  4. censor federal..kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk resquício da ditadura.. ainda nos anos 70....

    ResponderExcluir
  5. Ja que é um delegado ne foi uma falha humana, se fosse um de nois ja tariamos preso.

    ResponderExcluir
  6. Meu Deus! que essa família tenha força para suportar toda dor, Jesus será o Juiz que sentenciará esse cidadão, a nós fica a imagem dessa linda criança um anjo, que tão prematuramente partiu. Uma dor e vontade de chorar....!

    ResponderExcluir
  7. Que tragedia. Esse homem ja foi condenado a prisao perpetua. Serão dias e noites de horror. E essa culpa que ela vai carregar pra vida toda não será facil. Misericorida Senhor!!!

    ResponderExcluir
  8. nenhum pai ou mae que tambem passou por isso foi preso

    ResponderExcluir
  9. NÃO BASTA A DOR D MORTE, AINDA TEM A CULPA... DEUS CONSOLE ESSA FAMILIA...NÃO JULGUEM... SE COLOQUEM NO LUGAR DESSES PAIS! QUER PRISÃO MAIOR???

    ResponderExcluir

ITAPETINGA AGORA MAIS DE 18 MILHÕES DE ACESSOS www.itapetingaagora.com

ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK