CONTADOR GOOGLE: 16 MILHÕES DE ACESSOS!

CURTA O ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK

FRIGORÍFICOS SUDOESTE

PATROCINE O BLOG MAIS ACESSADO DE ITAPETINGA

PATROCINE O BLOG MAIS ACESSADO DE ITAPETINGA

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

KITANDA E MERCEARIA MOTA - Direção MIRALDO MOTA

LOJAS REZENDE - OS MELHORES PREÇOS DE ITAPETINGA

TATHIAGO DIGITAL - TUDO EM ELETRÔNICOS!

SUPERMODA - NA ALAMEDA RUI BARBOSA

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

POÇÕES – CORPO DE JOVEM MORTO É RETIRADO DE VELÓRIO E ENCAMINHADO À PERÍCIA

O corpo de Jônatas de Jesus Barbosa, 21 anos, morto a tiros, foi encaminhado ao IML durante o velório. O corpo do rapaz foi liberado pela Unidade de Pronto Atendimento 24 horas (UPA 24h) à família antes de passar por perícia técnica. Jônatas foi morto na última sexta-feira (30), por volta das 19h30, em via pública. Após ser ferido, o rapaz foi encaminhado à UPA 24h, onde não resistiu e morreu. A família foi chamada para liberar o corpo para o sepultamento.
No sábado (31), durante o velório, agentes da Polícia Civil chegaram à casa da família da vítima, onde ocorria o velório, e retiraram o corpo de Jônatas para que passasse pelo exame de necropsia no Instituto Médico Legal (IML), em Vitória da Conquista. O corpo foi levado diante de todos os
parentes e amigos que acompanhavam a cerimônia. Segundo os familiares do rapaz, a liberação foi autorizada pela coordenação da Unidade de Pronto Atendimento.
Em nota, a Polícia Civil alegou que houve erro por parte da UPA 24h, que não comunicou o homicídio e liberou o corpo sem que antes houvesse a perícia. O assunto foi motivo de repercussão em todo o estado da Bahia, através da TV ARATU filiada ao SBT, que esteve presente na cidade na manha desta terça-feira (03) fazendo uma reportagem sobre o assunto.
Procurada por site de noticias da região a Polícia Civil disse: Que, no dia do fato, o atendimento estava sendo feito por Delegado de plantão na sede da 10ª Coordenadoria, em Vitória da Conquista. “Deveríamos ser informados via CICOM para as investigações preliminares, assim como, pelo encaminhamento do cadáver ao IML para realização de necropsia, cuja prova é imprescindível ao procedimento policial, o que não ocorreu”, diz a nota assinada pela Delegada Titular do município Dra. Alessandra Márcia. A delegada também pediu desculpas aos familiares, informando que o ato [de retirar o corpo durante o velório para a perícia] foi “necessário às investigações”.
Já a Secretaria de Saúde do município lamentou o fato e garantiu que os responsáveis serão punidos. “Estamos abrindo uma sindicância interna para apurar os fatos e, caso seja comprovado o erro, vamos tomar as medidas cabíveis, podendo, até, ser exonerado o funcionário responsável pelo ato”, disse o secretário Mateus Cruz.

Fonte: Resenha Geral/Foto: Poções24h

4 comentários:

  1. esse interesse todo ai num é nada mais do que os ógaos do rapaz para serem comercialisados nada mais é só isso .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkk depois que sai das condiçoes de doaçoes ja era ja tsa decompondo

      Excluir
  2. Em velório de marginal tudo é possível. Velório de marginal não tem dono. A mãe chora por falta do pai.
    A polícia não tem culpa porque não era parente, nem amiga do presunto.

    ResponderExcluir
  3. doidera e inreposabilidade

    ResponderExcluir

ITAPETINGA AGORA O BLOG MAIS ACESSADO DO MÉDIO SUDOESTE DA BAHIA

Redação e Edição: Tiago Bottino J. Brige
whatsApp: (77) 98128-5324

ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK