CONTADOR GOOGLE: 16 MILHÕES DE ACESSOS!

CURTA O ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK

FRIGORÍFICOS SUDOESTE

PATROCINE O BLOG MAIS ACESSADO DE ITAPETINGA

PATROCINE O BLOG MAIS ACESSADO DE ITAPETINGA

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

KITANDA E MERCEARIA MOTA - Direção MIRALDO MOTA

LOJAS REZENDE - OS MELHORES PREÇOS DE ITAPETINGA

TATHIAGO DIGITAL - TUDO EM ELETRÔNICOS!

SUPERMODA - NA ALAMEDA RUI BARBOSA

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

APÓS 140 DIAS, PROFESSORES DA UFBA DECIDEM ENCERRAR GREVE

DECISÃO FOI TOMADA EM ASSEMBLEIA REALIZADA NESTA QUARTA, EM SALVADOR. CATEGORIA RESOLVEU ACEITAR REAJUSTE DE 10,8% DIVIDIDOS EM DOIS ANOS.
Os professores da Universidade Federal da Bahia (UFBA) decidiram encerrar a greve durante assembléia realizada na tarde desta quarta-feira (14), na Faculdade de Arquitetura, no bairro da Federação, em Salvador. O encontro foi iniciado às 14h e terminou por volta das 18h. Os docentes ficaram mais de 140 dias mobilizados. O comando de greve aprovou retorno das aulas para o dia 19 de outubro, o que vai ser encaminhado à gestão da universidade. 
Do Sindicato dos Professores das Instituições Federais de Ensino Superior da Bahia (APUB), foram 129 votos pelo fim da greve. Dos presentes, 30 defenderam a manutenção e outros três preferiram não votar. Mais cedo, a APUB informou que esperava saída de forma unificada segundo orientação
do Comando Nacional de Greve (CNG), do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes). Após o anúncio da decisão, no entanto, a APUB informou que, para os professores, a continuidade não garantiria o atendimento da reivindicação e prejudicaria os alunos e a produção docente. A APUB informou ainda que o governo federal não assinou até o momento o acordo feito com a categoria, o que era considerado critério para a interrupção do movimento.
A última assembléia ocorreu no dia 6 de outubro. Na ocasião, foram 146 votos favoráveis à manutenção da mobilização, 70 contra e quatro abstenções. Os professores pediram reajuste salarial de 27%, enquanto o governo federal ofereceu 21,3% em quatro anos e, em seguida, propôs 10,8% em dois anos - sendo 5,5% em agosto de 2016 e 5% em janeiro de 2017. De acordo com a assessoria da UFBA, a decisão sobre a reposição dos dias perdidos será feita após reunião do Conselho de Ensino e Pesquisa para determinar um novo calendário acadêmico.
Os servidores técnico-administrativos da UFBA decidiram retomar as atividades no dia 8 de outubro, após mais de seis meses de greve. O movimento foi iniciado no dia 28 de maio. A proposta do Governo Federal que foi aceita pelos servidores da UFBA foi de reajuste de quase 11% dividido em duas etapas. A principal reivindicação era um reajuste salarial de 27,3%.

Fonte: G1 BA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ITAPETINGA AGORA O BLOG MAIS ACESSADO DO MÉDIO SUDOESTE DA BAHIA

Redação e Edição: Tiago Bottino J. Brige
whatsApp: (77) 98128-5324

ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK