CONTADOR GOOGLE: 16 MILHÕES DE ACESSOS!

CURTA O ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK

FRIGORÍFICOS SUDOESTE

PATROCINE O BLOG MAIS ACESSADO DE ITAPETINGA

PATROCINE O BLOG MAIS ACESSADO DE ITAPETINGA

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

KITANDA E MERCEARIA MOTA - Direção MIRALDO MOTA

LOJAS REZENDE - OS MELHORES PREÇOS DE ITAPETINGA

TATHIAGO DIGITAL - TUDO EM ELETRÔNICOS!

SUPERMODA - NA ALAMEDA RUI BARBOSA

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

IMAGENS DA NASA FLAGRAM TRÂNSITO DA LUA EM FRENTE À TERRA

Fotografias foram tiradas a 1,6 milhão de quilômetros e mostram o ‘lado negro’ do satélite iluminado pelo Sol
Uma câmera a bordo do satélite Deep Space Climate Observatory (DSCOVR) flagrou o trânsito da Lua por uma perspectiva diferente: enquanto ela cruzava em frente à face iluminada da Terra. A série de imagens mostra o “lado negro” da Lua, que nunca é visível da Terra, também iluminado. O DSCOVR está em órbita a 1,6 quilômetros, estacionado entre o nosso planeta e o Sol. Ele foi lançado em

fevereiro deste ano, com o objetivo de monitorar em tempo real a variação dos ventos solares, em programa conduzido pela Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês). Dessa forma, o satélite mantém uma visão constante do lado iluminado da Terra, fornecendo observações científicas da camada de ozônio, vegetação, altura das nuvens e aerosóis na atmosfera.
No dia 16 de julho, entre 14h50 e 19h45 (pelo horário de Brasília), as câmeras a bordo do satélite conseguiram flagrar a série de imagens, que mostra a Lua cruzando a Terra sobre o Oceano Pacífico, perto da América do Norte.
O “lado negro” da Lua foi observado pela primeira vez apenas em 1959, pela sonda soviética Luna 3. Desde então, diversas missões conseguiram fotografar a parte escondida da Lua com detalhes. Em maio de 2008, a sonda Deep Impact captou imagens parecidas, mas a distância de 50 milhões de quilômetros e com a Lua parcialmente iluminada. "É surpreendente constatar como a Terra é tão mais brilhante que a Lua", disse Adam Szabo, pesquisador do programa DSCOVR no Centro Espacial Goddard, em Maryland. "Nosso planeta é verdadeiramente um objeto brilhante em comparação com a superfície da Lua".


Fonte: Noticia.ne

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ITAPETINGA AGORA O BLOG MAIS ACESSADO DO MÉDIO SUDOESTE DA BAHIA

Redação e Edição: Tiago Bottino J. Brige
whatsApp: (77) 98128-5324

ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK