CONTADOR GOOGLE: 16 MILHÕES DE ACESSOS!

CURTA O ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK

FRIGORÍFICOS SUDOESTE

PATROCINE O BLOG MAIS ACESSADO DE ITAPETINGA

PATROCINE O BLOG MAIS ACESSADO DE ITAPETINGA

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

KITANDA E MERCEARIA MOTA - Direção MIRALDO MOTA

LOJAS REZENDE - OS MELHORES PREÇOS DE ITAPETINGA

TATHIAGO DIGITAL - TUDO EM ELETRÔNICOS!

SUPERMODA - NA ALAMEDA RUI BARBOSA

domingo, 16 de agosto de 2015

BANDIDOS ASSASSINADOS DURANTE ASSALTO A ÔNIBUS

Dupla foi morta por passageiro durante assalto na av. Paralela. Somente em Salvador foram 1.309 assaltos desde o início do ano
É como se os papéis  tivessem se invertido: o assaltante chega de arma em punho, anuncia o assalto, leva os pertences das vítimas. A maioria entrega tudo, ainda temerosa de que o bandido atire a qualquer momento. De repente, são ouvidos disparos, mas quem cai baleado é o assaltante.
Nos últimos quatro dias, cenas como essa, que ilustram reações a assaltos,  se repetiram três vezes em
Salvador. O caso mais recente foi na sexta-feira (14), por volta das 8h30, na Avenida Paralela.
Demerson Santos Silva e o comparsa dele, identificado como Paulo Henrique, foram mortos por um passageiro após saquearem um ônibus da BTU, que faz a linha entre a localidade de Arembepe, em Camaçari, e o Terminal da França.
Segundo informações da Operação Gêmeos da Polícia Militar, os ladrões entraram no coletivo se passando por passageiros e anunciaram o assalto logo após o ônibus sair da Estação Mussurunga com cerca de 40 pessoas em direção à Rodoviária.
Na ação, Demerson  ameaçou os passageiros com uma pistola, enquanto o comparsa dele, Paulo Henrique, fez a coleta de celulares, carteiras e outros objetos de valor. Quando a dupla terminou o saque, o motorista foi obrigado a parar o coletivo próximo a uma passarela, na altura do Bairro da Paz.
Um passageiro, ainda não identificado, reagiu e atirou contra os dois, que morreram no local. Os tiros provocaram pânico, mas nenhuma testemunha fico
u ferida na ação. De acordo com a polícia, Paulo Henrique morreu ainda dentro do ônibus.
Ele tinha 12 marcas de perfurações em várias partes do corpo. Já Demerson foi atingido por seis tiros quando estava na escada de saída do coletivo. Ele caiu morto já na pista. Ambos faleceram antes de receberem socorro médico.
Uma equipe da Operação Gêmeos, comandada pelo tenente Fabrício Carlos, esteve no local, mas não localizou o atirador. Segundo o delegado Alberto Schramm, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), depois dos tiros, os passageiros pegaram seus pertences e saíram do coletivo.
Alguns chegaram a passar por cima dos corpos. A polícia ainda não tem pistas de quem seria o passageiro que reagiu ao assalto. “Foi alguém que presenciou o fato e tentou defender a sociedade”, disse Schramm.
Segundo o perito Marcos Mouzinho, do Departamento de Polícia Técnica (DPT), Paulo Henrique e Demerson usavam duas bermudas, uma por cima da outra. “Isso é comum. Eles fazem isso para quando deixarem a cena do crime dispensar uma das peças e não serem identificados” aponta.
Ao saber das mortes, alguns moradores da região se revoltaram. Segundo a polícia, os assaltantes moravam no Bairro da Paz. A população ameaçou fazer um protesto. “Pra que atirar neles? Eles entram na casa dos outros e quebram tudo”, disse um dos moradores, apontando para os policiais.
“Se ele foi roubar, que os prendessem. Pra que tirar a vida dos meninos?”, reclamou outra moradora. Após o crime, o ônibus foi isolado para o trabalho de perícia pelo DPT. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal Nina Rodrigues.
O caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), mas ainda não tinha sido distribuído até o final da tarde de ontem.

16 comentários:

  1. Esse cara merece uma medalha de honra ao mérito.

    ResponderExcluir
  2. O certo para a justiça,seria os ladrões assaltarem todos os passageiros,levarem todos os seus pertences e ainda matar 2 passageiros e fugirem numa boa. Nesse caso,quem fez isso tá complicado até o pescoço com a justiça, que para ela não foi um revide sob forte emoção e indignação, mas justiça com as próprias mãos. Se for preso,será levado para um presídio de segurança máxima...

    ResponderExcluir
  3. Agora, cuidar dos filhos e se preocupar em educar para não acabar crivado de bala, ninguém quer? Esse povo é muito sem noção mesmo, viu! Ainda reclama que as pessoas reagem e atiram. Queria o quê?

    ResponderExcluir
  4. Esta população é a favor porque eles não fazem nada lá e sim fira fi barro. Vai catar coquinho rebanho e safados farinha mesmo saco morreuuuuuu kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. Campanha adote um bandido e crie uma cobra para te morder mais tarde. Essa populacao de bom coracao nao sabe o mal que estao fazendo defendendo bandidos, eles acabam insentivados e encorajados por acharem que tem o apoio de muitos. Sendo assim nascem os justiceiros e logo vai aver mais caso como este de bandido tombando por um cidadao armado se defendendo e procurando defender a populacao de bem.

    ResponderExcluir
  6. Parabéns à ação do atirador, pois se algum passageiro ou mesmo o motorista tivessem reagido o ladrão o teria matado, então dos males o menor, ou seja, que morra o bandido, pois se escapassem voltariam a fazer a mesma coisa.

    ResponderExcluir
  7. acho que a comissão de direitos humanos deveria se preocupar a vítima e não com o bandido, fica a dica.

    ResponderExcluir
  8. Estou dando os parabéns, de todo coração para esse que atirou e acertou esse crápulas. Parabéns meu amigo, por essa ação tão maravilhosa!

    ResponderExcluir
  9. Então quer dizer que quem atirou para proteger os passageiros, tá sendo chamado de assassino no título da reportagem? Isso é um tapa na cara das pessoas que são contra o mal. O correto seria "bandidos foram mortos enquanto assaltavam ônibus".

    ResponderExcluir
  10. Largaram a vida de bandidagem,definitivamente!!!


    ResponderExcluir
  11. Lugar de bandido é no inferno junto do capeta, essa população ae que estão protegendo são farinhas do mesmo saco.

    ResponderExcluir
  12. Os direitos humanos so estão defendendo os bandidos pois não aconteceu com um deles ou da família!!!!!

    ResponderExcluir
  13. Eu tiro o chapéu pra essa pessoa q fez isso, sem ferir pessoas inocentes bem feito pra esses Vagabundos

    ResponderExcluir
  14. Parabéns para esse cidadão que prestou um bem a sociedade,num país sem lei,bandido bom é bandido morto!

    ResponderExcluir
  15. Parabéns para esse cidadão,exterminou com o mal.

    ResponderExcluir
  16. Parabéns para esse cidadão,exterminou com o mal.

    ResponderExcluir

ITAPETINGA AGORA O BLOG MAIS ACESSADO DO MÉDIO SUDOESTE DA BAHIA

Redação e Edição: Tiago Bottino J. Brige
whatsApp: (77) 98128-5324

ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK