CONTADOR GOOGLE: 16 MILHÕES DE ACESSOS!

CURTA O ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK

PAX PERFEIÇÃO - QUEM É VIVO SE ASSOCIA!

PAX PERFEIÇÃO - QUEM É VIVO SE ASSOCIA!

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

KITANDA E MERCEARIA MOTA - Direção MIRALDO MOTA

SUPERMODA - NA ALAMEDA RUI BARBOSA

SUPERMERCADO ADONAI - AV. AMÉRICO NOGUEIRA, CLODOALDO

quinta-feira, 30 de abril de 2015

CERVEJA VAI FICAR MAIS CARA EM MAIO: TRIBUTOS SOBEM CERCA DE 10%

Decreto regulamenta novo modelo de tributação. Decisão de repassar essa alta para os preços depende dos fabricantes. Refrigerante também deve aumentar.
G1/GLOBO.COM  -  Um decreto presidencial publicado no “Diário Oficial da União” desta quinta-feira (30) regulamenta o novo modelo de tributação do setor de bebidas frias – que engloba cervejas, refrigerantes, águas, energéticos e isotônicos – com validade a partir de maio. A lei 13.097, que trouxe essas alterações, foi publicada em janeiro de 2015.
De acordo com a Receita Federal, haverá um aumento médio da tributação dos produtos em cerca de 10% a partir de maio. O Fisco explicou que a decisão de repassar essa alta dos tributos para os preços depende dos fabricantes. A expectativa do governo é de arrecadar R$ 868 milhões a mais neste ano,
R$ 2,05 bilhões em 2016, R$ 2,31 bilhoes em 2017 e R$ 3,26 bilhões em 2018 com o novo modelo de tributação.
A Receita Federal informou que as alíquotas atuais, que subirão a partir de maio, estavam paradas há anos e que a sistemática anterior gerava distorções para as empresas. De acordo com o Fisco, as alíquotas têm de ser atualizadas de tempos em tempos. O órgão explicou que as mudanças foram fruto de conversas com representantes do setor de bebidas frias.
Procurada pelo G1, a Associação Brasileira da Indústria da Cerveja (CervBrasil) destacou que as negociações com o novo modelo vinham sendo feitas desde o ano passado, o que deu tempo para os fabricantes se programarem.
"O novo modelo traz melhorias e avanços, já que implica em simplificação do sistema tributário e, mais importante, garante previsibilidade dos negócios tanto para o governo quanto para o setor. Haverá um impacto para o setor com aumento da arrecadação para o governo, mas que, em nome da previsibilidade do novo sistema tributário, poderá ser absorvido pelo mercado", afirmou a CervBrasil.
Cerveja subiu 12% em 12 meses
O preço subiu 12% em 12 meses até março, segundo o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo, da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Já a inflação no período, medida pelo índice, ficou em 6,61%.
No acumulado nos 3 primeiros meses de 2015, o preço da cerveja subiu 1,41%, abaixo da inflação, que ficou em 3,58%.
Já o preço do refrigerante, segundo a Fipe, subiu 2,56% no acumulado no ano até março e 9,24% em 12 meses.
Novas alíquotas
Com a nova regulamentação, as alíquotas incidentes sobre a fabricação e importação de bebidas frias serão de 2,32% para o PIS/Pasep e de 10,68% para a Cofins. Para as vendas feitas pelos varejistas, a alíquota será de 1,86% para o PIS/Pasep e de 8,54% para a Cofins.
No caso do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI), o recolhimento será feito na produção, com alíquota de 6% para cervejas e de 4% para as demais bebidas frias.
O Fisco informou ainda que o decreto publicado nesta quinta-feira estabelece o conceito de cerveja especial e chope especial, para fins de redução das alíquotas do IPI, da Contribuição para o Pis/Pasep e da Cofins.
Também estabelece que o varejista, em início de atividade, poderá ser beneficiado pelas reduções de alíquotas na aquisição das bebidas e institui obrigações acessórias (declarações) a serem adotadas pelo estabelecimento da pessoa jurídica que vender para pessoa jurídica varejista ou ao consumidor final
O decreto também disciplina, segundo a Receita Federal, o aproveitamento de créditos do IPI para as bebidas em estoque no dia 30 de abril de 2015, último dia de vigência do regime tributário anterior para o setor de bebidas frias.

16 comentários:

  1. de por me pode subir ate nas nuvens, eu so nao quero que sobe e o feijao o arroz a carne os remedios as escolas os preços nos mercados, ,ais os de bebidas como cerveja pode mandar la para cima que ta bom, menos bebados nas estradas....,. menos acidentes. menos brigas. certo

    ResponderExcluir
  2. desde de quando bebados se preocupa com preços de bebidas, se preocupa com o preço e quando da para a esposa cinquenta reais para fazer a compra do mes, e ainda pede para trazer uma caexinha de cerveja e e para trazer se nao sai briga. para os que curtem cerveja sempre acou muito barato quase de graça. o que e mesmo caro e a comida, os remedios da cerveja eles nem reclamam, péde logo e de engradados, quando nao pede logo e a distribuidora toda . to mentindo me ajuda ai gente...............................................

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este meu, ou dizendo melhor, nosso governo: Tem mesmo é que botar preços autos em tudo... Gasolina, àlcol, supermercado e diversos. Afinal somos BRASILEIROS e com o PT É quem manda. Acabou-se; Aquele tempo de quem corre atraz... ou PT ou Exercito.... aliás o estinto exerxito Brasileiro, que comandado por Jaques Wagner (Cubano) já está comandado pelo PT.

      Excluir
  3. O que é pior num governo de mentirinha, aumentar a cerveja ou cortar a pensão das viúvas? Caracterizar o aposentado como tributário,para aumentar seu imposto de renda ou acabar com o crédito social "Minha casa melhor"? Bem, talvez seja legal deixar o pescador a ver navios enquanto o trabalhador sonha com o emprego de areia,que as marolas destruíram. Pois é, num País onde a vaca tosse, o boi pode voar. E rei? _O rei, faz tempo que anda nu, todo mundo sabe todo mundo vê,até ele, mas não admite.

    ResponderExcluir
  4. Nesse ponto aí eu concordo com o PT. Talvez assim os alcoólatras param mais de beber, se aumentassem extremamente o preço de tudo o que faz mal a saúde eu concordaria "100%".

    ResponderExcluir
  5. quero que aumente pelo menos 1000 vezes até o fim do ano..acho pouco..

    ResponderExcluir
  6. Essa é boa;Kd que ela aumenta o preço da cachaça? Já sei, é porque o Lula é o consumidor número hum. Kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. pra mim nao faz diferença...só bebo socialmente!!!

    ResponderExcluir
  8. Ué, continue cantando assim ó: Dilmaaa, coração valenteee… canta vai... e agora ? Eu não estou nem aí, a minha consciência está limpa e eu quero mesmo é ver o atlântico sul pegar fogo pra eu comer peixe assado e ponto final. Meu nome é tchau.

    ResponderExcluir
  9. Carai! Como é que vou tomar minhas cana?!!!.....KKKK

    ResponderExcluir
  10. SÓ FALTA A DILMA AUMENTAR DE TAMANHO,AGORA É TARDE QUEM MANDOU VOTAR NESTE GOVERNO OPRESSOR SÓ PORQUE DEU UMA ESMOLINHA A UM GRUPO DE NECESSITADOS AGORA GEME O BRASILEIRO SÓ RECLAMANDO E RECLAMANDO,PEÇO A PÁTRIA EDUCADORA UMA FACULDADE QUE ENSINE O BRASILEIRO A VOTAR CERTO................NEGÃO DE DOLA.....

    ResponderExcluir
  11. Agora a poha ficou seria, tirar essa puta já. :@

    ResponderExcluir
  12. tem subir mínimo 10,00 reais ta bom .........pra q gosta

    ResponderExcluir

MATÉRIAS ASSINADAS , com FONTE, são de responsabilidade de seus autores.

contatos blog: whats: (77) 98128-5324

ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK