CONTADOR GOOGLE: 16 MILHÕES DE ACESSOS!

CURTA O ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK

DISK GÁS: 77-98119-1906 (FONE/ZAP)

SUPERMERCADO ADONAI - AV. AMÉRICO NOGUEIRA, CLODOALDO

KITANDA E MERCEARIA MOTA - Direção MIRALDO MOTA

SUPERMODA - NA ALAMEDA RUI BARBOSA

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

PAX PERFEIÇÃO - QUEM É VIVO SE ASSOCIA!

PAX PERFEIÇÃO - QUEM É VIVO SE ASSOCIA!

quinta-feira, 27 de março de 2014

CONQUISTA PERDE DE VIRADA PARA O VITÓRIA - 2 X 1 - NO LOMANTÃO.

Bahia Noticias - O Vitória deu um passo importante para tentar chegar a final do Campeonato Baiano. Nesta quarta-feira (26), o time comandado por Ney Franco venceu o Conquista por 2 a 1, em duelo disputado no Estádio Lomanto Júnior. O Bode saiu na frente com Sílvio, de cabeça, aos 43 da etapa inicial. A virada do Leão veio no segundo tempo com Ayrton e William Henrique.
Com o resultado, o Rubro-Negro aumentou a vantagem na semifinal. Para chegar a decisão, o Leão pode perder até por um gol de diferença. O duelo de volta será disputado neste domingo (30), em Pituaçu.
O JOGO
Vencer e tentar convencer. Esse era o objetivo do Vitória diante do Conquista. Logo no primeiro minuto, o
time Rubro-Negro assustou. Hugo lançou Marquinhos, que cruzou para a área. No entanto, Sílvio quase mandou para o próprio patrimônio e cedeu escanteio para o Leão. Na cobrança, Hugo bateu por baixo, mas a bola bateu em Dinei e saiu.
O ímpeto do Leão durou pouco. Nos primeiros minutos, a partida ficou bastante truncada e sem atrativos.  Aos 11 minutos, Paulo Vitor cruzou, Wilson não saiu do gol e Tatu chegou na segunda trave e finalizou por cima.
Os donos da casa começaram a gostar da partida e investiu em jogadas pelas pontas. Aos 17, Carlinhos tocou para Índio, que chutou forte de pé direito. Wilson estava atento e encaixou a bola.
Estreante da noite, o atacante Souza fez a primeira jogada com perigo aos 26. Na sobra de bola, ele recebeu, se livrou da marcação e bateu para a boa defesa do goleiro Augusto.
Ex-Vitória, Índio queria aprontar contra o Leão. Aos 30, Lorran cruzou na área, o atacante recebeu na área, mas chutou por cima da meta de Wilson.
O Rubro-Negro demonstrava nervosismo em campo e tinha dificuldades para chegar no campo de ataque do adversário. Enquanto isso, o Conquista ia para cima. Aos 42, Índio deixou Lucas Zen na saudade e rolou para Tatu. O atacante se atirou na bola e mandou no travessão. O juiz assinalou escanteio. Lorran cobrou e Sílvio subiu mais que todo mundo e abriu o placar no Lomanto Júnior.
Segundo tempo
Normalmente, o técnico Ney Franco costuma realizar mudanças no intervalo, quando sua equipe não apresenta um bom futebol. No entanto, o treinador decidiu não mudar de imediato. 
No início da segunda etapa, Ayrton tentou passe para Dinei, mas a zaga do Bode se antecipou e fez o corte. 
O Vitória continuava com dificuldades para atacar. A morosidade em chegar ao gol de Augusto se deveu, em parte, a forte marcação da equipe de Evandro Guimarães. Quando o Leão conseguia vencer a marcação, pecava no último passe ou nas finalizações.
Para tentar deixar o time ainda mais ofensivo, Ney Franco fez uma substituição aos 13 minutos. Tirou o volante Lucas Zen e colocou Mansur. Com isso, o time ficou com apenas um volante. Já Juan, foi deslocado para o meio de campo e junto com Hugo ficou responsável de armar as jogadas.
Logo na sua primeira participação, Mansur chegou com perigo. Ele chutou forte de fora da área, mas a bola foi por cima do gol.
Após a substituição, o Vitória mudou sua postura e começou a incomodar o Bode. Aos 19, Cáceres lançou, a zaga do Conquista cortou e a bola sobrou Marquinhos. Ele ajeitou e tentou o chute, mas saiu sem perigo para o arqueiro Alviverde.
O empate veio aos 23 minutos. Juan deu passe para Dinei, que cruzou para Ayrton. O camisa 2 finalizou e saiu para comemorar o tento anotado.
Três minutos depois do empate, o técnico Ney Franco fez outra mudança. Ele tirou o estreante Souza e colocou William Henrique. O “Pica-Pau”, como é conhecido, mostrou logo seu cartão de visitas. Ele fez boa jogada e chutou de pé esquerdo para uma boa defesa de Augusto.
Na temporada passada, William Henrique foi uma espécie de amuleto do técnico Ney Franco. O atacante sempre entrava no segundo tempo e era decisivo. Em 2014, o atacante andava devendo. Até que aos 33, ele driblou três adversários e chutou de rasteiro no canto esquerdo de Augusto e marcou um belo gol no Lomantão.
E ele queria mais. Aos 36, William Henrique chutou de fora da área e acertou a trave de Augusto.

FICHA TÉCNICA
Conquista 1 x2  Vitória
Campeonato Baiano – semifinais
Local: Estádio Lomanto Júnior, em Vitória da Conquista
Data: 26/03/2014
Horário: 20h30
Árbitro: Arilson Bispo da Anunciação (BA)
Auxiliares:  Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e Djalma Silva Ferreira Júnior (BA)
Gols: Sílvio (Conquista); Ayrton e William Henrique (Vitória).

Vitória da Conquista:  Augusto; Lorran (Fabinho), Mota, Silvio e Paulo Vitor; Edmar, Ramires, Moisés e Carlinhos (Candinho); Tatu e Índio (Elcimar). Técnico: Evandro Guimarães.

Vitória: Wilson; Ayrton, Matheus Salustiano, Rodrigo Defendi e Juan; Lucas Zen (Mansur), Cáceres e Hugo; Marquinhos, Dinei (Alan Pinheiro) e Souza (William Henrique).  Técnico: Ney Franco.

Um comentário:

  1. Pq esse vitoria da conquista fica disputando campeonato a nivel bem acima do que eles podem jogar ? conquista num passa de um time amador metido a gente grande , haja coragem , só faz mesmo e envergonhar mais ainda o futebol baiano....

    ResponderExcluir

MATÉRIAS ASSINADAS , com FONTE, são de responsabilidade de seus autores.

contatos blog: whats: (77) 98128-5324

ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK