CONTADOR GOOGLE: 16 MILHÕES DE ACESSOS!

CURTA O ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK

SUPERMERCADO ADONAI - AV. AMÉRICO NOGUEIRA, CLODOALDO

KITANDA E MERCEARIA MOTA - Direção MIRALDO MOTA

SUPERMODA - NA ALAMEDA RUI BARBOSA

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

PAX PERFEIÇÃO - QUEM É VIVO SE ASSOCIA!

PAX PERFEIÇÃO - QUEM É VIVO SE ASSOCIA!

quinta-feira, 26 de maio de 2011

VULCABRÁS/AZALÉIA: CRISE NO SETOR CALÇADISTA FOI DISCUTIDA PELO PREFEITO JOSÉ CARLOS EM BRASÍLIA

CONFEDERAÇÃO NACIONAL PEDE A TAXAÇÃO DE TODOS OS CALÇADOS IMPORTADOS.
O Prefeito José Carlos e James, do Sindicato de Verdade, na mesa de discussões
Em audiência realizada nesta terça-feira para debater a crise no polo calçadista nacional, a presidente da Confederação Nacional de Têxteis, Couro, Calçados e Vestuários, Francisca Trajano, defendeu a taxação de calçados importados “de qualquer parte do planeta”. Segundo ela, essa medida vai viabilizar a geração de mais empregos no Brasil. A importação de produtos chineses é uma das principais causas da forte crise no setor.
O prefeito de Itapetinga (BA), José Carlos Moura, participou do debate na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público, mostrou-se firme e se posicionou a favor da permanência e ampliação do pólo calçadista em Itapetinga e região.”Mais de 5 mil trabalhadores já foram demitidos na região, e isso é inadimissível. Temos que reverter esse quadro”. Disse o prefeito “Sem esses empregos, a situação na região ficará muito grave”, afirmou. A população da região é de cerca de 300 mil habitantes e a Azaléia, instalada em Itapetinga, oferece atualmente 21 mil empregos, conforme o que informou o prefeito.
Para o presidente do Fórum de Organizações Não-Governamentais de Itapetinga e dos municípios do Entorno, Adson Allan da Hora Brito, são necessárias condições de competitividade, além da redução do custo Brasil, para garantir a produção de 80 mil a 100 mil pares de calçados por dia em Itapetinga. Em sua avaliação, a Vulcabrás, que comprou a Azaléia, passa por crise em razão da economia global.
Já o presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), Milton Cardoso, chamou atenção para a importação ilegal e pediu a investigação da triangulação comercial. A China, por exemplo, deixa de pagar tarifas fazendo a chamada ''exportação triangular'', quando envia seu produto primeiro a países isentos de taxas de exportação para o Brasil, como o Paraguai.
Só depois o produto é vendido ao Brasil, como se fosse originado do país intermediário. Cardoso alertou ainda para mais um “golpe” contra o setor: o fim dos incentivos fiscais para as fábricas do Nordeste, com a aprovação da reforma tributária.
Autor do requerimento para realização dos debates, o deputado Daniel Almeida (PCdoB-BA) informou que vai levar as reivindicações do setor calçadista ao ministro da Fazenda, Guido Mantega. Ele ressaltou que a crise tem provocado demissões, férias coletivas e até ameaças de fechamento de algumas unidades de produção, como é o caso da fábrica da Azaléia.
FECHAMENTO DA AZALÉIA GAÚCHA: DÓLAR DERRETIDO 
Um dos principais motivos alegados para o fechamento da unidade de Parobé, onde o grupo surgiu sob a liderança de seu fundador Nestor de Paula, a forte desvalorização do dólar, vem afetando diretamente as exportações de calçados. Somente nos primeiros meses do ano, a redução das exportações é na ordem de 30%.
Fonte: Agência Câmara de Noticias

41 comentários:

  1. O problema da Vulcabras em Itapetinga não é a crise,não o incentivos fiscais,nem o preço baixo do produto da China.O problema na empresa está nos funcionários que faltam muito, e dão muitos atestados esse é o problema maior atualmente na em presa.

    ResponderExcluir
  2. a empresa nao valoriza os trabalhadores que merece + respeito . a vulcabras e a empresa d calçados q paga o menor salário de todas sem contar q quando vc prescisa d ajuda medica a clinica nao tem suporte pra de ajudar falta remédio .

    ResponderExcluir
  3. O numero de atestados e faltas na vulcabras supera qualquer outra empresa do Brasil a unica empresa que mais da atestados e faltas até quando a empresa vai suporta isto, se fosse uma empresa de médio porte já tinha fechado.enquanto algumas autoridades da cidade inclusive o prefeito foram pra Brasilia discutir crise,nessa reunião nem se quer foi comentado sobre as faltas e atestados onde é o problema maior da empresa atualmente.só pra vocês terem uma noção da gravidade do problema só no mês de Janeiro e Fevereiro foram 11.500 atestados e no mês Abril e Maio foram mais 9.500 atestados. E ai,qual é a empresa que quanta isso, sem falar no descaso da estrada em frente da fabrica que faz vergonha.Essa não pode ser a sua, mas é a minha opinião.

    ResponderExcluir
  4. www.itapetingaagora.comquinta-feira, 26 maio, 2011

    o problema e que ela que fazer as pessoas de escravos porisso que as pessoas dao atestado e com razao.

    ResponderExcluir
  5. valeu James botou moral! só fautou Robervaldo que tem mais extrutura para representar os trabalhadores sem falar que ele é realista e verdadeiro mas valeu por nos representar agradeço em nome de todos os trabalhadores da Vulcabras.

    ResponderExcluir
  6. Acorda!! Funcionários da Vulcabrás, se essa empresa for mesmo embora da região,vocês serão os únicos responsáveis pela decadência e pobreza que cairá sobre a nossa região, todos nós seremos afetado de forma de alguma forma, pense nos pais de família que estão lá para sustentar seus filhos e por causa de funcionários q não tem compromisso com nada,pessoas de bem corre o risco de pagar a conta q será o desemprego!!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. A AZALEIA nao valoriza os funcionarios,fazem alguns de alguns escravos,e sem esquecer aqueles que estao ou ficaram doentes por causa de muitas situacoes uma delas a pressao psicologica,humilhacao etc...falar ´´e facil ,dificil e viver a realidade...

    ResponderExcluir
  8. As pessoas presisam dar mais valor ao emprego.Qual empresa vai continuar investindo em um lugar q as pessoa fingem estar doentes e ficarem ganhando o seu sálario em casa. A empresa tem compromisso com seus credores e prazo p/ entregar seus pedidos.Como irá cumprir isso com as pessoas falatando tanto ao emprego?

    ResponderExcluir
  9. Niguem entra na vulcabras pra trabalhar de graça, quem procura emprego sabe quanto vai ganhar e quanto vai trabalhar. se ta errado bote na justiça e prove que ta errado.
    se ta ruim vaum roçar manga e cortar cana em são paulo como no passado.
    favor publicar meu comentário senhor botino.

    ResponderExcluir
  10. quem procura emprego na empresa, sabe antes das atividades serem iniciadas, quanto vai ganahr e quanto vai trabalhar, quando trabalham a mais ganham hora extra. quer mais oq?
    se ta axando a coisa errada, peça pra sair e poem na justiça. Vcs são muito é folgados.
    Lembrar que o futuro do jovem itapetinguense era roçar manga e ir pra são paulo ( filho de pobre), filho de rico ia e vai pra salvador.

    ResponderExcluir
  11. nao tem razao em nada ,se quer ganhar dinheiro tem que trabalhar nao acham??o mal dopovo de itapetinga é que reclama tanto da azaleia mais se ela for embora quero ver como grande parte da populaçao vai sobreviver ,fora o comercio e tudo que ta envolvido,se nao qr quer vá embora,trabalhe direito como em qualquer firma que tem que cumprir seu horario

    ResponderExcluir
  12. Isso ai James vc merece está onde está. um rapaz tão jovem e inteligente como vc para representar, os que ñ podem se quer chegar perto dessses engravatados ai ñ to mais trabalhando lá mas concordo plenamente com o comentário acima do itapetinga agora ...um abraço James sou sua fâ !!!

    ResponderExcluir
  13. Já foi Tardeeeeeeee...

    ResponderExcluir
  14. sw tirase o sabado ia diminui os atestado sim

    ResponderExcluir
  15. Se existem escravos na China, dispostos a trabalharem 12 horas segidas em troca de um salário mísero, então,infelizmente, não tem saída para as fábricas de calçados no Brasil.

    Isso já vem acontecendo com o setor de tecidos há muito tempo.
    O setor de brinquedos praticamente desapareceu, não adianta taxar calçados na esperança de conter o óbvio, as fábricas vão fechar e isso é fato.

    O Brasil tem que investir em outros setores e parar de manufaturar esses produtos pois não temos competitividade.

    A China e a ìndia com seus 1 bilhão de trabalhadores escravos domina o setor de manufatura e não temos mais como competir.

    O mundo muda depressa e infelzimente o que é certo hoje, amanhã não existirá mais.
    É o preço do globalização e infelizmente teremos de pagar esse preço.

    ResponderExcluir
  16. muito menino novo entra na azaleia só quer saber de curtição, acho que se pegarem essas pessoas que dão atestados e faltam e por pra fora e der tambem nova oportunidade pra pessoas que ja trabalharam lá que hoje tão desimpregado ou fazendo moto boy por aí clandestinamente

    ResponderExcluir
  17. quero parabenizar o prefeito,vereadores e demais autoridades que se fizeram presente em brasilia, para discutir a crise no setor calcadista em especial em itapetinga onde se comenta o fechamento da azaleia Deus abencoe, que isto não acontessa,pois sofreremos muito nao so azaleia,comercio em banco todos em geral.

    ResponderExcluir
  18. sabe oq eu acho?
    q vcs deveriam se prepara pra maior derrocata desse estado.infelizmente no sul tmb foram realizadas muitas demissões.li em outro site q a azaléia depois q se fundio com essa maldita vulcabraz,terminou com todos os valores q o SR.Nestor de Paulo se empenhou tanto pra manter na fabrica da azaléia.infelizmente oq é bom dura pouco mesmo.lamento tanto por tantas pessoas de bem q serão prejudicadas com esse problema.não só os funcionarios da fabrica mas todos q de alguma maneira sobrevivem da empresa.sabe oq eu acho tmb?
    as pessoas não costumam acreditar nisso,mas eu sim e muito;isso é o castigo por tanta maldade q eles fazem com os funcionários.os mutilados,os demitidos,os humilhados.pra mim esses gananciosos deveriam colocar um guardapó azul e começar a por as mãos no trabalho de tods pra ver oq é bom.meu nome é Angela Fernanda martins e moro em Itapetinga.

    ResponderExcluir
  19. A situação não é tão simples como as pessoas pensão, se a maioria dos colaboradores não mudadem de atitude, vão sofrerem as consequências. ás pessoas acham que é muito dificil a Vulcabras ir embora de Itapetinga, até os Sindicalista afirmaram isso em uma de suas assembléias na fabrica. Mas a verdade é que se esses colaboradores descompromissados não mudar essa cultura de faltar tanto ao trabalho e dar inumeros atestados, pode se preparar para o pior, pois Empresa nenhuma aguenta isso.Sei que muitos não estão nem ai com a crise calçadista, com os números de atestados ou faltas dos colaboradores ao tarbalho, ou seja a Vulcabras que se dane. É por conta desse tipo de pessoas que a fabrica pensa em ir para outro centro.Se isso acontecer Itapetinga nunca mais será a mesma.
    Devemos orar a Deus para que esse espirito de ingnorância saia da mente dessas pessoas.

    ResponderExcluir
  20. o GRANDE PROBLEMA É QUE A POPULAÇÃO DE ITAPETINGA NAO ESTA DANDO VALOR AO CRESCIMENTO DA NOSSA CIDADE DIGO ISSO COMO CIDADÃ QUE SOU.OS TRABALHADORES DA FABRICA NAO SE TOCARAM AINDA DE QUE SE A FABRICA IR EMBORA A CIDADE ACABA,POIS TODA FORMA DE COMERCIO GIRA EM TORNO DA VULCABRAS.ENTAO VAMOS PARAR DE DAR ATESTADOS MEDICOS SEM NECESSIDADE PARA FALTAR UMA SEMANA DE TRABALHO,VAMOS VALORIZAR O QUE TEMOS POIS SE A FABRICA FECHAR O BICHO VAI PEGAR POIS OU BOM OU RUIM O SALARIO É DELE QUE ''NOS''SOBREVIVEMOS VAMOS TER CAUTELA TRABALHADORES DA FABRICA E VAMOS LUTAR PELO CRESCIMENTO DA NOSSA CIDADE.

    ResponderExcluir
  21. A vulcabras/Azaleia "prende" as pessoas que querem ser demitidas. e demite os que não quer.

    ResponderExcluir
  22. na azaleia tem muita falta porque ela nao valoriza o funcionario, ate quem varre rua ganha mais que quem faz sapato, o contra cheque é motivo de resenha,sempre pagou um salario chorando, abre o olho jovem...

    ResponderExcluir
  23. PARABENS PREFEITO JOSE CARLOS PELA LUTA EM FAVOR DE NOS TRABALHADORES.É POR ISSO THIAGO QUE O SEU SITE É UM DE MAIRO CREDIBILIDADE DA BAHIA, POIS
    É SÉRIO, COLOCA REALMENTE O QUE É REAL. PARABENS TAMBEM O PREFEITO PELO O ASFALTAMENTO QUE SERÁ
    FEITO NA AV. AMERICO NOGUEIRA ATÉ O PRIMAVERA.

    ResponderExcluir
  24. Atestado ? Faltas ? ótimo continuem assim,porque eles tem que abrir os olhos e começar a valorizar os trabalhadores aqui da região.Vejo dentro da empresa a super valorização dos trabalhadores que vem de outros estados.Essa porcaria de salário que eles nos dão faz até vergonha,já não basta ser mínimo e ainda temos que ver os descontos ao retirar nosso contra cheque,essa sexta a diminuição da tarifa do almoço é o mínimo que eles tem que fazer.Quem sabe melhorando o salário a auto-estima dos trabalhadores cresçam junto também.Capitalismo é foda por causa disso sempre visando o lucro e não visa o bem esta de quem está escravizando.( entra lá quem quer pois sabe da necessidade e fica quem pode , porque de certa forma precisa do pouco que ganha )

    ResponderExcluir
  25. Eta meu Deus oh a cara de preocupados dos Deputados observe o clima nessa foto,até paresce que elis etão preucupados com Azaleia deu ate pra perceber como els realmente se preocupram pela foto eu percebi acordam folgados e tome providencia pro que realmente está acontecendo com à Azaleia.

    ResponderExcluir
  26. O verdadeiro problema está em não pensar nas outras pessoas, nos verdadeiros cidadaõs que dão a vida por esta empresa,não porque querem, mas porque têm familia e responsabilidade...

    ResponderExcluir
  27. a azaleia sò quer escravisar ninguem ta aqui pra isso

    ResponderExcluir
  28. Qual o nível de escolaridade de 75% dos colaboradores que reclamam de salário mínimo?
    querem ganhar salário de engenheiro,de publicitário de administrador?
    vamos rir juntos?
    hummmmmmmmmmmmmmmmm
    srrssrsrsrsr

    ResponderExcluir
  29. PARABENS A COMISSÃO QUE FORAM A BRASILIA, PARA PEDIR A TAXAÇÃO DE TODOS OS CALÇADOS IMPORTADOS, MAS NÃO O SUFICIENTE, SERÁ NECESSÁRIO EDUCAR ESSE POVO IGNORANTE COM PALESTRAS PARA VALORIZAR O EMPREGO.
    A PALAVRA DE DEUS DIZ, QUE O POVO PERECE POR FALTA DE SABEDORIA.

    ResponderExcluir
  30. Falar que a Azaléia faz as pessoas de escravo,pra mim isso é frase de Preguiçoso,trabalham 8 horas por dia apenas,comem (tudo bem que o rago nem eh um dos melhores)Mais pagamos pouco por ele,pouquissimo.
    Também é bom ressaltar,o quanto os funcionarios não dão a minima pra empresa,fazem o que querem,muitos nao se preocupam em produzir,as vezes não sabem nem o que estão fazendo,mostrando total descaso e falta de interesse com o proprio trabalho
    A disseram que a empresa,não demite que quer sair,certo?Bom pelo que eu saiba Empresa nenhuma tem obrigaçao de femitir funcionarios que estão descontentes com o trabalho,quer sair?peça conta,não acabe prejudicando outras pessoas
    Logico que tem muitas coisas que eu acho que Empresa peca,concerteza!Mas acho que pra gente cobrar de alguem,temos que ser capazes de olhar no olhos dela primeiramete,você pode cobrar algo de uma Empresa?tu és um funcionario exemplar?Se for eu te dou toda razão...Mas se a empresa fechar e vc tiver no Sol escaldante carregando latas de concretos,pra ganhar 100 reias a mais e chegar em casa com os ombros doloridos,ai talvez vc aprenderá dá valor,mais talvez ai pode ser Tarde Já neé.

    ResponderExcluir
  31. muitas pessoas vao trabalhar ,oculpar o lugar de quem gosta de trabalhar muitos vao para passar o tempo dentro do banheiro e deixar os seus colegas trabalharem sozinhos. fazer o serviço do seu proprio colega tbm e disonesto fica logo em KSA

    ResponderExcluir
  32. UMA EMPRESA DO PORTE DA VULCABRAS NAO PODE SAIR DE UM DIA PARA O OUTRO. QUANTOS ANOS ELA FICOU NO SUL. NAO VAMOS SER INGENUOS ELE INVESTIU MUITO AQUI EM ESTRUTURA . ELES TO QUERENDO E INSENÇAO DE IMPOSTOS E OUTROS .. ACORDA TRABALAHADORES NAO E SO SINDICATO VCS TEN FORÇA ( FORÇA DE TRABALHO) UNI- VOS COMPANHEIROS

    ResponderExcluir
  33. Obs: Não Vai colocar Tiago?????Irei insistir....
    MUITO bonito. Gilson de Jesus faz todo o empenho e movimentação. E o zé Moleza do prefeito que leva destaque na matéria. Isso é uma vergonha viu!!! A estrada da nossa fábrica está um caos as condições p chegar até lá está quase tão cansativo quanto a jornada de trabalho, cade o prefeitinho q com tanto poder na mão ainda não terminou a pista, agora na godela de um Homem entendido de politica q dizer q representa Itapetinga!!!!!Fala sério viu. O povo ta cansado de nos chamar de IDIOTAS. Acorda Zé Moleza.
    Vamos ver se realmente este site é de opinião mesmo democrática.

    ResponderExcluir
  34. impostos altos para os importados e valorização dos trabalhadores para com seus empregos. Chega de preguiça e de atestados.................... beto

    ResponderExcluir
  35. Tudo isso que acontece em Itapetinga é histórico em todo o país.Pessoas não querem trabalhar, querem ganhar.Mas como ganhar dinheiro,sem trabalhar? Trabalhei na Azaléia e não me arrependo nem um pouco, foi lá que me tornei um profissional,é foi lá que tive a oportunidade do 1º emprego.Aliás,o único lugar que trabalhei em Itapetinga.Mas compreendo, que isso tudo é um problema de educação, baixa escolaridade e de conhecimento técnico baixo.Quem quer ser valorizado que corra atrás e se prepara para dar uma virada na vida, ao invés de esta só reclamando.

    ResponderExcluir
  36. o problema é caga horaria que é muito alta e ai ninguém aguenta mesmo os trabalhadores da vulcabrás nao tem tempo para nada rapaz é coisa de louco,a culpa disso tudo é deles mesmo,eu espero que melhore ok

    ResponderExcluir
  37. eu ja trabalhei na azaleia sai de la um ano atraz estou morando fora mais eu realmente penso o que sera de itapetinga e regiao?pois boa ou ruim eu reconheço que a azaleia fez itapetinga creçer no comercio principalmente e o alugueu entao nos sabemos que merecemos muito mais so que devemos ser justos.se a azaleia for embora acabara com nossa cidade sim e tem que ser feita alguma coisa ja.muito obrigada e mim desculpem por ser sinsera.

    ResponderExcluir
  38. Essas pessoas acham, que a carga horaria de oito horas por dia é grande, É porque não trabalhou no supermercado da cidade como eu,A gente tinha que entrar as 7:15 da manha e sair as 8:00 da noite com uma 1:30 para o almoço.

    ResponderExcluir
  39. Achar que a fabrica não fecha as portas aqui em Itapetinga e acreditar em papai Noel, fecha sim estamos falando de uma empresa privada que visa lucros.
    Como já foi dito por alguns a empresa não engana ninguem na hora da contratação, além disso quem não tem um amigo que trabalhe lá, portanto se vai pedir emprego e bom querer trabalhar e se não quer mais saia pela mesma porta que entrou ou seja peça sua conta e não fique atrapalhando o bom andamento da empresa.
    Itapetinga e região depende da Vulcabras/Azaleia, sem ela pode fechar a cidade e os ditos sindicalistas ao invés de plantar a ideia de que a fabrica não vai embora deveria estar preocupada com os empregos dos funcionarios, pois sem ela também não existe sindicato.

    ResponderExcluir
  40. A vulcabrás tem uma politica muito estranha ela não faz readimissão então já esgotaram os fucionários tem muita gente querndo voltar.Sò fazer readimissão um novo processo de contratar e a produção dobra.Abraços..

    ResponderExcluir
  41. quando as pessoas acordarem p/vida ai sim vão da valor ao trabalho pois todo mês o salario é depositado sem faltar .os que querem trabalhar que fique,os que não querem que sejam demitidos.

    ResponderExcluir

MATÉRIAS ASSINADAS , com FONTE, são de responsabilidade de seus autores.

contatos blog: whats: (77) 98128-5324

ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK