CONTADOR GOOGLE: 16 MILHÕES DE ACESSOS!

CURTA O ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK

PAX PERFEIÇÃO - QUEM É VIVO SE ASSOCIA!

PAX PERFEIÇÃO - QUEM É VIVO SE ASSOCIA!

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

O SINDICATO DOS TRABALHADORES DA AZALÉIA

KITANDA E MERCEARIA MOTA - Direção MIRALDO MOTA

SUPERMODA - NA ALAMEDA RUI BARBOSA

SUPERMERCADO ADONAI - AV. AMÉRICO NOGUEIRA, CLODOALDO

domingo, 31 de outubro de 2010

A MULHER NO PODER: DILMA ROUSSEFF É ELEITA PRESIDENTE DO BRASIL

A nova presidente é classificada como durona, rígida, séria, competente, inteligente, extremamente dedicada ao trabalho. Implacável com quem enrola e exigente com os subordinados. Características extremamente necessárias para promover mudanças  no país na atualidade.

Foto de Dilma em Conquista feita pelo Itapetinga Agora
O Brasil elegeu hoje a primeira mulher para a Presidência da República: Dilma Rousseff, do PT. Sua vitória teve a participação do cabo eleitoral mais popular do País, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que mesmo sem estar participando diretamente do pleito, teve papel fundamental ao transferir todo seu elevado índice de popularidade à candidata que escolheu pessoalmente para disputar sua sucessão e levá-la à vitória nas urnas neste segundo turno, mesmo sendo uma estreante na seara de uma disputa eleitoral e concorrendo com um nome forte da oposição, o ex-governador tucano José Serra.
Se dependesse dos números das primeiras pesquisas eleitorais divulgadas em 2007, a candidatura de Dilma Rousseff (PT) à Presidência da República jamais teria sido levada adiante. Em outubro de 2007, a pesquisa CNT/Sensus mostrava a então ministra-chefe da Casa Civil com 5,7%. Essa mesma pesquisa, contudo, mostrava que cerca de 35% dos entrevistados poderiam votar em alguém apoiado por Lula. Com base
 nessa sinalização, o presidente traçou um engenhoso plano para lançá-la na arena da disputa presidencial, trabalhando intensamente para colar sua imagem à de Dilma.
E a estratégia funcionou. Coube a Dilma o lançamento de uma das maiores vitrines do governo, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), em 2007. No ano seguinte, Lula a batizou de "mãe do PAC". Como boa discípula, Dilma se autonomeou durante a campanha eleitoral de "mãe do Luz para Todos", programa do governo federal, criado em 2003, com o objetivo de levar energia elétrica às áreas rurais do País. E no decorrer da campanha, quando já liderava a corrida presidencial, assumiu de vez o instinto maternal e disse que pretendia ser, na Presidência, a "mãe de todos os brasileiros".
Dilma nasceu em Belo Horizonte em 14 de dezembro de 1947 e na juventude militou contra a ditadura, atuando no Comando de Libertação Nacional (Colina) em Belo Horizonte, no final dos anos 60. Ela é classificada como durona, rígida, séria, competente, inteligente, extremamente dedicada ao trabalho. Implacável com quem enrola e exigente com os subordinados. Comandou o Ministério de Minas e Energia de 2003 a 2005, até ir para a Casa Civil com a queda de José Dirceu da Casa Civil no escândalo do mensalão. Na nova função, tornou-se uma "mulher dura cercada de homens meigos", como ela mesma definiu.
A ex- ministra já foi filiada ao PDT, mas em 2000 filiou-se ao PT, partido que lhe abriu as portas para chegar ao mais alto cargo do País. Até o final deste ano, completará 63 anos. Dilma já casou e se separou duas vezes com ativistas políticos que lutavam contra a ditadura, mãe de uma filha, Paula Rousseff Araújo, e avó de um neto, Gabriel, que nasceu no dia 9 de setembro deste ano. É dona de Nego, labrador preto e companheiro de caminhadas matinais.
Um de seus melhores amigos, o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel (PT), é quem melhor define a personalidade da nova presidente do Brasil: "Ela trabalha o tempo todo e não deixa nada sem solução. Além disso, acredita que não foi por acaso que sobreviveu à ditadura, quando chegou a ser torturada, sobreviveu para cumprir a tarefa da nossa geração e deixar um País mais justo e solidário do que aquele que nós encontramos."

9 comentários:

  1. que DEUS em sua imensa sabedoria proteja , ilumine de muitos anos de vida e saúde a nossa presidente Dilma e que governe o nosso país com sabedoria e humildade.

    ResponderExcluir
  2. Na verdade Dilma rousseff pode até ter alguns desses elogios, porem o jeito PT de governar na nossa regiao nao vem agradando a regiao sudoeste tanto é que tomou pau no 1 e 2 turno inclusive o governador, Com a saúde e segurança caindo aos pedaços como votar em um governo que acha que 100,00 na conta de um pobre é o suficiente.
    Onde fica a saúde,segurança saneamento basico, cadê os cursos profissionalizantes?
    O PT explora a miseria do pobre, infelizmente mais uma vez ta ai uma presidente que tem como bagagem Collor de mello michel temmer,genuino, entre outros ladroes

    ResponderExcluir
  3. Dia 31/10 dia das bruxas Parabens dilma...

    ResponderExcluir
  4. Comento de maneira mais profunda a vitória de Dilma para Itapetinga no meu blog www.delonooliveiras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. como vc axa que uma pessoa como a dilma nao vai ser uma otima presidenta isso tudo é beneficio para nossa cidade itapetinga mesmo ela nao vencendo aque mesmo por que saiu uma mentira descaradamente falando que ela tinha dito coisa que nao falou ta olha ela pode ate ser uma bruxa mais é um bruxa boazinha

    ResponderExcluir
  6. Primeiro presidente do Brasil por eleição direta: COLLOR. Primeira mulher presidente: DILMA. Preciso explicar meu medo?

    ResponderExcluir
  7. viva, viva, viva as mulheres, nao por causa da vitoria da Dilma viw Mulheres...pq as mulheres brasileiras maravilhosas.

    ResponderExcluir
  8. Essas eleições ficarão conhecidas na história da democracia brasileira como uma das mais sujas. Isso porque nas últimas semanas, o cidadão brasileiro acompanha atônito uma guerra por votos que compreende desde acusações morais e armações políticas até alianças com grupos extremistas. No meio deste fogo cruzado, encontra-se a população LGBT, que é obrigada a ver seus direitos serem utilizados pelos candidatos como forma de angariar votos de parcelas reacionárias da população. É neste cenário que um poder importante para a causa LGBT vem mostrando suas fraquezas e mazelas: A mídia.

    ResponderExcluir
  9. Graças a Deus não regredimos. Dilma (e mais de 50 milhoes de brasileiros sábios) vencem a ditadura, o
    machismo, o conservadorismo.. a prepotencia! MAIS IGUALDADE SOCIAL. É 13!!!

    ResponderExcluir

MATÉRIAS ASSINADAS , com FONTE, são de responsabilidade de seus autores.

contatos blog: whats: (77) 98128-5324

ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK